domingo, março 19, 2006

"Paços" seguros

Image hosted by Photobucket.com3-0 Image hosted by Photobucket.com

McCarthy, Adriano, Lisandro

Vitória tranquila numa exibição agradável do F.C.Porto, pincelada aqui e ali por alguns lances de génio.
Adriaanse surpreendeu toda a gente ao colocar Pedro Emanuel a jogar no eixo do sector defensivo, mas essa aposta revelou-se muito acertada. Nas alas da defesa Bosingwa e Cech, no meio-campo Assunção, Meireles e Lucho. Na frente, McCarthy, Quaresma, Adriano e Anderson. O FêCêPê entrou bem no jogo, numa toada paciente mas incisiva procurando destruir a muralha defensiva que o Paços implantara no seu meio-campo. Os Pacenses nunca conseguiram se aproximar da área azul e branco muito por culpa dos homens do meio-campo do F.C.Porto que tacticamente estiveram perfeitos cortando as linhas de passe adversárias. Nos movimentos ofensivos, Quaresma e Anderson tiveram a preciosa colaboração de Cech e Bosingwa que criavam os desequilíbrios necessários para que os extremos gozassem de alguma liberdade para criar jogo ofensivo. Lucho e Meireles também se integravam bem nas acções atacantes, enquanto Adriano e McCarthy para além da missão de concretização procuravam distribuir e abrir espaços para a entrada dos homens mais recuados. As oportunidades de golo foram surgindo até que à passagem da meia-hora, Pedro Emanuel teve um passe longo perfeito que isolou McCarthy e o Sul-Africano encarregou-se do resto. Até ao intervalo, a toada do jogo não se alterou e em mais duas situações o FêCêPê poderia ter chegado ao golo.
No início do segundo-tempo, Anderson, na direita, teve um passe magistral para Adriano que rasgou a defensiva Pacense e o Brasileiro só teve que encostar para o fundo das redes. Adriaanse aproveitou então para fazer descansar McCarthy e Quaresma, tendo em vista o jogo das meias-finais da Taça de Portugal frente ao Sporting. Lisandro ainda haveria de aumentar a contagem, após uma assistência perfeita de Lucho Gonzalez.
Belo jogo do FêCêPê, numa noite em que valeu bem a pena a deslocação ao Estádio do Dragão.

Positivo:
- Bosingwa: Se eu me esquecer da sua incapacidade para centrar em perfeitas condições, o Zé fez um jogo excelente sob o ponto de vista defensivo e atacante. A sua velocidade foi um precioso auxílio para o capitão Pedro Emanuel, enquanto a bravura com que encetava os lances ofensivos só tiveram como pecha os cruzamentos mal efectuados.

- Anderson: Nota-se que Adriaanse não quer que ele se perca em lances individuais e que exige que o puto jogue para o colectivo. Mas mesmo preso por imperativos tácticos, o miúdo de 17 anos tem pinta e revela pormenores de talento puro. A assistência para o segundo golo é disso um exemplo perfeito.

- Adriaanse: Em termos tácticos a equipa esteve irrepreensível. Revela uma ambição muito grande e uma união de grupo cada vez maior. Para complementar isto, está mais concretizadora, a sofrer cada vez menos golos, a jogar melhor… muito melhor e isto tudo com a mais jovem equipa do futebol português. Esta vai ser mais uma semana em que Miguel Sousa Tavares não vai falar do futebol do F.C.Porto... e isso é uma boa notícia. Falar só nas derrotas ou quando as coisas correm mal, para mim é sinónimo de má fé, preconceito e incapacidade para reconhecer os erros de julgamento e opinião. E Miguel Sousa Tavares, com o seu timbre de nunca se achar capaz de estar abaixo da razão, com a sua voz exaltada e por vezes mal educada na defesa das suas ideias, foi um dos responsáveis pelo clima de guerrilha por que passou o nosso clube nas últimas semanas.

14 Comments:

Anonymous DecoMan said...

Bem, eu tb gostei da exibição colectiva do FCP principalmente durante largos minutos da 2ª parte. So não concordo c o Aníbal no q diz respeito a Lucho. Acho q o Lucho está cansado, sem velocidade e poder de choque e são raros os lances em q consegue assumir o jogo ultimamente. Pelo meio consegue disfarçar a sua má forma c pormenores de classe, como no golo q dá a marcar a Lisandro. Continuo a gostar da forma como a equipa celebra os golos. O Bosingwa tem estado muito bem de há muitos jogos para cá e apenas peca na hora de cruzar. O McCarthy tem sido um optimo "reforço" nestas ultimas semanas. Vamos acreditar! FORÇA PORTO

19/3/06 4:14 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Confessa Decoman, Tu não gostas muito do Lucho... ah? Lucho não fez uma exibição de encher o olho... mas ele não é um jogador de fazer exibições de encher o olho. Ele esteve no campo todo: na defesa, no meio e no ataque. Abriu espaços com a sua movimentação e com os seus passes e cortou incontáveis iniciativas adversárias com as suas acções defensivas. Se tivesse que eleger alguém como o jogador do ano... Lucho era esse jogador.

19/3/06 7:36 da tarde  
Anonymous DecoMan said...

Tenho q confessar q a mim não me enche as medidas Aníbal. Tenho até varias discussões c o meu Pai por causa dele. Ele ausenta-se durante grande parte d jogo, e quando aparece tem toques de génio, é verdade, mas exige-se mais presença dele em campo, mais consistência na pressão... e não tem poder de explosão. Tem técnica acima da média, e ocupa bem os espaços, isso é inegável. O Moutinho. Prefiro mt mais q no final da época o Porto o venda a ele do q ao Quaresma.

19/3/06 8:31 da tarde  
Anonymous DecoMan said...

Poxa... esqueci-me de finalizar a frase do Moutinho. Ia a dizer q gosto bem mais do q o Moutinho faz em campo. Está sempre presente em todo o lado, pressiona mt bem... é a minha opinião. Se o Lucho apanha uma marcação como a q lhe foi movida plo Manuel Fernandes na Luz, ele não consegue aparecer porque não tem nervo...! Desculpa la a minha opinião Aníbal. FORÇA PORTO

19/3/06 8:35 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Já conheço o Lucho há imenso tempo. Aliás, costumava ver os jogos do River (não me perguntem em que país vivo) só para ver o Lucho jogar, mesmo antes de se saber que ele vinha para o FCP. Quando saiu a noticia fiquei mesmo feliz, mas a verdade é que o Lucho ainda só demonstrou uns 50% daquilo que pode fazer. Mesmo assim, só a qualidade de recepção de bola e passe que ele tem dá uma grande fluidez ao jogo do FCP e não vejo ninguém no plantel a fazer isso.
Um Lucho perneta é mais positivo que o Diego (que conhecemos) a 100%.

19/3/06 8:38 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Não se esqueçam q o Lucho não teve férias entre o final do campeonato argentino e o português, é dos jogadores mais utilizados do FCP e está sempres na selecção da Argentina (fazendo tiradas de avião que nunca mais acabam). Ninguém é de ferro...

Mas para mim o Lucho é um colosso, não me lembro de um jogador deste calibre desde os tempos do Madjer!

Aníbal, não consigo perceber o elogio ao Bosingwa, para mim o pior jogador a milhas no sábado. Cheguei a desesperar com aqueles centros! Se a sua virtude é correr muito ele que vá para o atletismo! Invariavelmente passava da linha de meio campo e em vez de jogar com o ala ou passar curto no meio, despejava centros(?) disparatados para a molhada sem o mínimo de precisão. Fez isto meia dúzia de vezes! Desculpa lá mas é de uma falta de categoria impressionante para um jogador titular do FCP. Não sei mesmo se o Sonkaya não faria melhor...

20/3/06 10:13 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

:) São opiniões, Pedro! Para mim o Bosingwa fez um jogo sensacional. Como disse, não esteve especialmente inspirado nos cruzamentos... mas quem não se lembra dos famosos cruzamentos do Broas para o tribunal? As opiniões são como os cús... cada qual tem o seu. :)

20/3/06 10:37 da manhã  
Anonymous DecoMan said...

Concordo que o Lucho possa estar a acusar falta de descanso... afinal são muitos meses sem férias. Mas eu não ponho em causa a sua qualidade pq o vi jogar plo River e pla selecção argentina (principalmente nos jogos olímpicos) diversas vezes...! Eu so digo q ele está a anos luz do q pode fazer e q a sua influência na equipa devia ser ainda mto maior dada a sua qualidade. Quanto ao Bosingwa acho q ainda vamos sentir falta dele no dia em q se for embora. Pedro o Bosingwa "despejou" no máximo 3 cruzamentos mal feitos, é verdade... mas foram todos na 1ª parte e não foram mais de 3 seguramente. Tirando isso, Bosingwa tem estado intransponível a defender, demonstra um poderio físico so superado por Pepe é tem sido dos jogadores mais regulares... p além de ser uym jogador q pode fazer várias posições. Basta fazeres uma "ronda" por outros blogs portistas e vês q o Bosingwa tem sido enaltecido em todos eles. Mas é como diz o Aníbal, são opiniões q têm de se respeitar.

20/3/06 11:19 da manhã  
Blogger Pedro Bessa said...

Excelente post!! Principalmente no que foi escrito em relação ao MST! Esse cromo que só sabe comentar para mandar abaixo!! Não sabe que a crítica tb pode ser pela positiva.

20/3/06 12:29 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

O Beto do benfica também tem um poderio físico invejável e não é isso que faz um bom jogador...

Não quero entrar em grande polémicas, mas sinceramente não consigo perceber o que vêm de relevante num jogador como o Bosingwa. É um daqueles flops no FCP ao nível de um Secretário, de um João Manuel Pinto, de um Fernando Mendes ou de um Marco Ferreira... Mas estes se calhar também tinham alguns adeptos.

21/3/06 10:27 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Pedro, não são só alguns adeptos. Não me tinha apercebido disso no estádio, mas um amigo disse-me ontem que o Bosingwa foi eleito o Melhor jogador em campo pelos adeptos que se deslocaram ao Dragão no Sábado. Todos temos direito aos nossos "embirranços". Não concordo nada contigo quando dizes que o Bosingwa é um flop. Como tb não considero o Secretário um flop. É verdade que depois de regressar do Real Madrid, nunca o Secretário foi o mesmo mas a verdade é que antes da passagem pelo clube espanhol, Secretário fez épocas sensacionais sob o comando de Robson.

21/3/06 10:39 da manhã  
Anonymous DecoMan said...

Nem sequer Fenando Mendes foi um flop. Fez duas épocas muito boas no Porto. Secretário também teve épocas muito boas. Eu gosto do Bosingwa, não sendo certamente um fora de série é um jogador de grande utilidade e aparenta ser muito bom profissional. Mas são opiniões q eu respeito. Vamos é todos acreditar no nosso FCP e unir-nos à volta da equipa porque estamos numa fase crucial da época... podemos ganhar tudo, mas também podemos não ganhar nada. Vamos confiar. FORÇA PORTO

21/3/06 12:40 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Estou a ver que por vocês nunca houve flops no FCP...

21/3/06 2:45 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Vão lá ao link "Cepos dos anos 90" que estão lá todos... lol

21/3/06 2:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home