quinta-feira, janeiro 04, 2007

Marco Van Basten

Está o leitor a pensar: O que é que este gajo tem a ver com o FêCêPê? Admito que pouco... mas insisto na sua atenção.

Van Basten foi o meu ídolo... não foi um ídolo num sentido estrito da palavra, já que nenhum jogador de futebol merece ou mereceu a minha adoração. Se preferirem... foi o jogador que mais me encantou ver jogar. Aliava uma elegância fenomenal, capacidade física, dois pés fantásticos a um instinto sagaz e uma capacidade de finalização literalmente... avassaladora. Para quem não se recorda da sua forma de jogar, posso “descomplicar” dizendo apenas que era um Jardel dos melhores momentos... só que com elegância, velocidade e técnica apurada.
Aos 18 anos, Van Basten transferiu-se do Utrecht para o Ajax. No primeiro jogo oficial com a camisola do clube Holandês sentou-se no banco e entrou para o lugar do Mítico Johan Cruijff, marcando um dos golos da sua equipa. Os anos seguintes revelaram à Europa um enorme goleador que com apenas 22 anos ganharia a Bota de Ouro Europeia, com 37 golos em 26 jogos. Após a conquista da Taça das Taças em 86-87 (lembram-se quem nesse ano ganhou a Taça dos Campeões?) é transferido para o ACMilan juntamente com Rudd Gullit, clube que passava por uma crise de resultados desde o final da década de 70. Coincidência ou não, a partir de então, os “Rossoneri” transformaram-se da noite para o dia. Van Basten ajudou o Milan, entre outros troféus, a ganhar 3 Scudettos e duas Taças dos Campeões (uma delas frente aos vermelhos).
Pela Selecção Holandesa, Van Basten está intimamente ligado à Laranja Mecânica II de Rinus Michel que encantou no Europeu de 88. Para além de maior goleador, foi considerado o melhor jogador da prova... e entrou para a eternidade com um golo estratosférico na final contra a União Soviética de Blokin, Lobanovsky, Mikailichenko e Belanov!

Foi para ver Van Basten que em 1990 fui às Antas numa noite de temporal ver o Portugal-Holanda que Rui Águas celebrizou com um golo de cabeça. Em 92/93, na nossa primeira Liga dos Campeões… quem nos calha em sorte na fase de grupos? Van Basten… aliás o ACMilan. No primeiro jogo da prova, o Milan venceu o Gotemburgo por 4-0… adivinhem quem marcou os 4 golos? Adivinharam… um deles, uma bicicleta fenomenal. Mas eu já não teria a felicidade de voltar a ver jogar Van Basten ao vivo. Consumido por “porrada” e pelos “matterazzi” daquele tempo, ele esteve no estaleiro durante grande parte dessa época e seria o seu substituto, Jean Pierre Papin, a decidir o jogo das Antas com um “golaço” monumental a Vítor Baía. Marco Van Basten ainda recuperaria para jogar a final dos Campeões desse ano frente ao Marselha, mas uma entrada brutal e assassina de Boli ao tendão arrumaria de vez este grande Campeão. Nesse ano, o grande Milan de Capello, Basten, Gullit, Donnadoni, Tassoti, Baresi, Lentini (outro jogador que me encantava ver jogar) e Maldini, seria arrumado pelo Marselha de Desailly, Deschamps, Sauzé, Voller, Boszik e Abdi Pele… ah e de Goethals.

Van Basten… fica o lamento pela gloriosa carreira interrompida com apenas 29 anos de idade. Vejam os vídeos. O primeiro, mais curto, com alguns dos melhores golos da sua carreira... o segundo é um pequeno filme de 10 minutos sobre Van Basten.



7 Comments:

Blogger Pedro Reis said...

FENOMENAL!
Também é um dos meus maiores ídolos e provavelmente o melhor que vi jogar naquela posição. Juntamente com Gullit e com Rijkard formava um trio maravilha!

Vamos ver se como treinador também consegue uma carreira de relevo.

O golo contra a URSS na final do Euro 88 é verdeiramente mítico!

4/1/07 4:08 da tarde  
Blogger Zirtaev said...

Tb é um dos meus ídolos e para mim ainda é o jogador que tem um dos melhores golos que alguma vez vi, o da final do Euro88 contra a Rússia. Mas que grande golo.

Ele e por exemplo o Maradona estão na minha equipa ideal de sempre.

Um abraço.

4/1/07 4:31 da tarde  
Blogger lucho said...

vejam se concordam com as minhas escolhas no meu último post, um abraço, lucho

4/1/07 6:05 da tarde  
Blogger AZULEBRANCODIXIT said...

Sem dúvida um FENÓMENO! - Todos os ajectivos qualificativos não são demais !
Lembro-me bem desse jogo desse se Portugal-Holanda, nas Antas do pressing diabólico holandês durante todo jogo e os calafrios permanentes que Marco van Basten originava sempre tinha a posse da bola !
Concordo que foi o mais completo Ponta -de-lança que conheci e o mais letal !
Até breve!

4/1/07 8:00 da tarde  
Blogger hugo said...

Se bem me lembro nesse jogo sob grande temporal nas Antas houve mosquitos por cordas no final com o Van Basten a agredir o Veloso...

4/1/07 11:08 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

É hugo... é verdade! O temperamento de Van Basten não é recomendável e evitei falar nele no Post.

Todos se lembram das declarações dele antes e depois do Holanda-Portugal no Campeonato do Mundo, bastante depreciativas em relação à selecção de Escolari.

5/1/07 9:27 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

JESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHOJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM JESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA JESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM JESUALDO UM FILHO DA PUTAJEJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UMJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTA FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTASUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAFILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAPUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHOJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM JESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA JESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM JESUALDO UM FILHO DA PUTAJEJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UMJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTA FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTASUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAFILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAPUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO JESUALDO UM FILHO DA PUTADA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAFILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTA DA PUTAESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTAFILHO DA PUTAJESUALDO UM FILHO DA PUTA DA PUTA

15/6/07 3:26 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home