quarta-feira, dezembro 20, 2006

A revolução do Relato by Gomes Amaro

"Ajeitou o balão... requetou... bateu… e é GOOOOOL!!!!"

Há uma voz que inevitavelmente ecoa na cabeça de grande parte dos adeptos portistas. Quando a televisão raramente transmitia jogos de futebol, quando os domingos à tarde e as quarta-feiras à noite eram Dia de S.Futebol… Gomes Amaro e a sua equipa eram os nossos olhos nos estádios onde não podíamos ir apoiar o nosso FêCêPê. Lembro-me de ainda catraio dizer: “Oh pai… põe no Amaro.” Ou então: “Aqui não dá o Amaro?”. Um estilo cativante, revolucionário, bem disposto, com uma dinâmica impressionante, aliando expressões linguísticas marcantes que ficarão para a eternidade. Na rádio em Portugal haverá o Antes de Amaro e o Depois de Amaro... e mais nenhum conseguiu criar uma unanimidade tão grande (pelo menos entre os portistas), como ele:

"Cáááátáááá Firme… Mlynarczik!"
"Lá vai Paulo Futre… camisa 10... pega na direita, bota na canhota... passa por um... dois... três... requetou... fuzilou... e é GOOOLL! E quiiii Goool!"
"Lá está ela… no Fundinho do Barbante!"
"Está lá dentro Tibi… e agora... não adianta chorar!"

E as melodias que acompanhavam os golos?

“Que bonito é,
As bandeiras tremulando,
A torcida delirando,
Vendo a rede balançar”

“É gol!
Que felicidade!
É gol!
O meu time é alegria da cidade!”

Na Rádio Porto, Rádio Press, Comercial Norte, mais recentemente na Festival e na GaiaFM, Gomes Amaro com ou sem a sua mítica equipa do Quadrante Norte, produtora independente que há mais de duas décadas faz os relatos dos jogos do Porto, foram quase sempre os mensageiros das boas novas… e por isso a sua voz ficará para sempre na nossa memória!

Fica aqui o registo sonoro de Gomes Amaro, na narração do incrível golo de Duda em Milão, que nos deu uma vitória inolvidável de um golo de Ademir no final dos anos 70: Cliquem aqui

Correcção indicada pelo João Saraiva do Blog Óculos Azuis e brancos

Já agora... será que este é golaço do Ademir contra os vermelhos nas Antas que nos deu o empate (o Simões tinha marcado na própria) e nos permitiu sermos Campeões 19 anos depois? Se alguém souber que responda!

Não é do Gomes Amaro... mas é uma prenda de Natal para os visitantes do Blog: Relato do Golo de Juary em Viena... cuidado com as emoções: Cliquem aqui!

Gentilmente cedido pelo Michael Night do Blog Barbeiros de Jesualdo

50 Comments:

Anonymous de Natal. said...

Da-se, que presente

20/12/06 12:49 da tarde  
Anonymous Acosta said...

Esta do Amaro vem de facto do baú... mas a do Duda!!! É preciso muita memória!
Muitos dos teus clientes do Blog nem devem saber onde jogava, nem devem saber como foi este golaço... que encheu o Aeroporto, na altura, só de Pedras Rubras...

20/12/06 12:53 da tarde  
Anonymous miguel87 said...

"Esquadraaaaante norrrrtí - o som globaul"!!! :D

20/12/06 12:54 da tarde  
Anonymous miguel87 said...

alguem sabe se há pela net a musiquinha "que bonito é..."??

20/12/06 1:12 da tarde  
Blogger O Situacionista said...

Recordar (também) é viver !!!
Arrepiante !!!!

Aníbal, não quero fazer do seu post um "programa" de discos pedidos (:-)) ), mas... não tem mais registos antigos ?

20/12/06 1:21 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Um cameraman do Porto que colecciona registos sonoros antigos, prometeu-me mais registos sonoros do Gomes Amaro.

Já tinha este Post pronto há bastante tempo e esperava por outros registos... alguns dizem-se mesmo históricos. Como o homem se demorou muito, decidi colocar o Post. Mas ele de certeza que ainda vai facultar os registo. Quando o fizer eu coloco aqui o Link...

20/12/06 2:50 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Em relação a Duda, diga-se que foi um dos obreiros do bi-campeonato de 77-78 e 78-79 após quase duas décadas sem sermos campeões.
Essa fantástica equipa tem ainda como marco, a eliminação do Milão para a Taça dos Campeões em 78-79 0-0 nas Antas e 0-1 em Milão com esse fantástico golo do meio da rua de Duda. Viríamos a ser eliminados na ronda seguinte pelo Real Madrid (1-0 fora e 2-1 em casa, golos de Gomes). E também a eliminação do Manchester United em 77-78 na Taça das Taças, 4-0 nas Antas com 3 golos de Duda e um de Oliveira e 5-2 em Old Traford com golos de Seninho. Viríamos a ser novamente eliminados na ronda seguinte, desta vez pelo Anderlecht 3-o fora e 1-0 em casa.

20/12/06 3:07 da tarde  
Anonymous ACOSTA said...

Um dos registos que mais gostava de recordar é o de uma famosa 4ª feira europeia, nas Antas, com uma das equipas de leste de então (penso que em 87 na caminhada para Viena)... perdiamos por 0-2 e vencemos por 3-2, o coração do estádio (e davasta audiência do Quadrante Norte) sentiu muitas emoções...

20/12/06 3:08 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Acosta... foi na caminhada para Basileia. Nos quartos de final, calhou-nos o Shakhtyor Donetsk. Na primeira mão, nas Antas, estivemos a perder 2-0, mas demos a volta e ganhamos por 3-2. Só me lembro que o Jacques marcou o último golo. Lá empatamos 1-1 ou 2-2... acho que 1-1.

20/12/06 3:16 da tarde  
Anonymous Acosta said...

Muito boas memórias.

20/12/06 3:54 da tarde  
Anonymous js said...

Algumas notas:

- A ligação do Gomes Amaro ao Quadrante Norte acabou mais cedo do que aquilo que transparece do teu texto. Acabou na altura em que estavam na Rádio Press, tendo o Gomes Amaro ficado na Press e o Quadrante Norte ido para outras frequências. Na altura o Quadrante Norte contratou o Paulo César Oliveira. E isto já foi há uns 12 anos.

- O Gomes Amaro continuou na Press tendo na sua equipa o António Augusto Rosa (actualmente na TVI), Sousa Martins (TVI), Cristiano Miguel (RTP). Quando a Press foi 'comida' pela TSF, ainda se manteve uns tempos na TSF, mas foi sol de pouca duração. Foi aí na TSF que "acabou a carreira".

- Entretanto, o Quadrante Norte seguiu o seu percurso com o Paulo César Oliveira, principalmente na Festival, tendo "fechado" há dois anos.

- Este ano o Gomes Amaro voltou à Gaia FM após uns 8-10 anos de interregno, acompanhado em estúdio da mesma voz (não me lembro o nome) que fazia os anúncios publicitários no Quadrante Norte. Mas a estrutura já não é a do Quadrante Norte (liderada pelo Ilídio Inácio), mas sim uma estrutura da Gaia FM.

- O golo do relato é do Ademir.

- Dou um rebuçado ;-) a quem me arranjar os golos de Viena relatados pelo Gomes Amaro.

20/12/06 5:06 da tarde  
Blogger paulofsky said...

Eu sei que ainda a tenho!
Quando ia ver os jogos mais emocionantes ao Estádio das Antas tinha por hábito gravar os relatos em cassetes de 90'. Uma gravação, a do jogo da 2ª eliminatória da TCC com o Barcelona (penso que da época 85-86, corrijam-me se estou enganado), ficou para sempre registada. No jogo da primeira mão dessa eliminatória fomos roubados desgraçadamente e perdemos por 2-0. Nesse jogo, que ficou registado para sempre, jogamos enormidades mas a vinte minutos para o fim ainda estava 0-0. Então entrou o Juary e num ápice marcou 2 golos. Foi a loucura com o empate da eliminatória só que o tão desejado 3º golo nunca mais surgia e veio um escocês do Barcelona chamado Archibald entornar um enorme balde de água fria ao marcar um golo miserável. Nos descontos lá fizemos o terceiro golito. Fomos ingloriamente eliminados mas saí orgulhoso do nosso brio e desempenho dos nossos jogadores.
É destas noites europeias em que sem tv e de rádio a pilhas enchiamos o nosso estádio, e deliravamos com os relatos do Amaro. Qual video qual quê, eu gravava a emissão do Quadrante Norte com a minha minha mãe a ter que a ouvir para rodar a cassete ao intervalo, chegava a casa e ouvia deliciado o jogo relembrando as jogadas na minha memória.
Viva Amaro.
Eu sei que ainda a tenho só que já lhe perdi o rasto.

20/12/06 5:13 da tarde  
Anonymous Acosta said...

JS, o gajo da publicidade ("restaurante mar e gente na rua da natária... a garrafeira do centro comercial londres...") era o Jaime Fernandes. Um senhor com pouco mais 1,50 m de altura, com o mesmo nome de outro grande homem da rádio, mas de Lx.

Nesse jogo com o Barça todos criticaram o Artur Jorge por não cair em cima do FCB mais cedo..., mas os jogadores explicaram no final que a táctica era mesmo aquela e que só assim que os catalães (que já não tinham pernas) levaram 3... que não chegaram.

Ainda falam que a magia da rádio é uma coisa geracional...

20/12/06 5:39 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Lembro-me da gatunagem que foi o jogo de Barcelona!

E lembro-me de que no jogo das Antas... o meu pai não me levou. Tinha aulas... era a desculpa. À hora marcada fui para a cama mas em vez de dormir, levei um pequeno rádio e fiquei a ouvir o Amaro. Quando o Juary fez o 2-0... pinchei em cima da cama como se não houvesse amanhã. Isto sem fazer um único barulho para a minha mãe não ouvir. Depois veio o golo do Barça... e a tristeza. Mas a lembrança já ninguém a tira.

JS: Obrigado pelas correcções. Em relação ao golo... em vários locais da Net dizem que é o do Duda, mas admito que seja do Ademir. Tens alguma base para sustentares a tua afirmação?

20/12/06 5:52 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

E destas, alguém se lembra?

"Conservas Ramirez... a carne do MAR!"

"A saúde está primeiro, beba Água do Vimeiro"

20/12/06 5:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

recordo tantos domingos em casa a ouvir o quadrante norte, q recordações fantásticas, azuis e brancas...feliz natal para todos!!

20/12/06 6:10 da tarde  
Anonymous js said...

no audio +- aos 12 segundos ouve-se: "Ademir! Um golão!"

20/12/06 6:42 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Não é que tens razão JS???
Eestive a tentar decifrar o que o Amaro dizia aí e não percebia... e não é que diz mesmo "Ademir! Um Golão!"

Obrigado... vou rectificar o Post, se não se importam!

20/12/06 9:39 da tarde  
Blogger JRP said...

Fenomenal post e fenomenais comentários.
Outros tempos... aprendi a ser portista também nesses relatos com o Gomes Amaro, a única voz fiável para nós na altura.
Junta o "Jorginho Amortecedores" à lista dos anúncios...
Lembro-me bem desse jogo com o Barça, mas também do jogo com o Shaktior Donetsk, que vi com a minha madrinha na Superior sul. É curioso que tantos jogos vi nessa altura, dos quais nada me lembro, mas desse jogo recordo-me bem de um golo confuso marcado de cabeça após um canto, julgo que pelo Mike Walsh. Em qualquer recanto da minha cabeça ainda tenho presente a jogada e sobretudo as luzes da velha iluminação das Antas, antes mesmo do rebaixamento do estádio, e de como estava frio nessa noite.
Obrigado Aníbal!

21/12/06 3:23 da manhã  
Anonymous kostadinov said...

Quem não se lembra do famoso "Quadrante Norte....o som global" e das famosas prendas oferecidas ao marcador do primeiro golo do jogo " um conjnto de pneus" oferecido pelo Zé dos Amortecedores agora também ao seu dispor em Rio Tinto.......

21/12/06 8:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Já que estamos a falar de nomes do QN, não se esqueçam do João Verissimo o homem do relvado.


Bom Natal!!!

21/12/06 9:09 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

No jogo de inauguração do Estádio do Dragão, o João Veríssimo e o Gomes Amaro reencontraram-se para fazer o relato.

21/12/06 9:35 da manhã  
Anonymous andre said...

"Super Talho Bisonte..."

Eu tenho 32 anos e "vivi" intensamente os relatos do Gomes Amaro, acompanhado pelo João Verissimo.

Grande post e fico muito feliz em saber que não era o único com esta "pancada". Sofremos todos do mesmo mal. Lol

No jogo com o Barcelona que ouvi no QN, recordo-me de um gajo do Barça que marcou os golos: o escocês Archibald

21/12/06 11:05 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Em relação ao Barcelona dessa altura... o Maradona não jogava no Barça nessa altura? E se jogava ele jogou contra o Porto?

21/12/06 11:38 da manhã  
Anonymous guardabel said...

Magnífico post! Enorme post! E obrigado pela prenda!

Tenho uma cassete cheia de relatos de golos do Gomes Amaro da década de 80. A boa notícia é que já passei tudo para mp3. A má notícia é que ainda não encontrei tempo para "cortar" todos os golos individualmente em ficheiros separados para disponibilizar no Pobo do Norte. São mesmo muito golos! A grande maioria dos golos são de jogos do FCP fora de casa, porque eu ia a todos os jogos nas Antas (excepto os da uefa pois não tinha dinheiro) e obviamente não podia gravar. E os de Viena lá estão.

Quanto aos comentários:

- O golo de Duda em Milão é provavelmente o primeiro registo que a minha memória alcança em termos de relatos de golos. Na baliza do Milan estava Albertosi, um dos grandes GR mundiais da altura. Quanto à eliminação pelo Real Madrid, na ronda seguinte, lembro-me que o Real tinha um jogador inglês chamado Cunningham...

- Shakhtyor Donetsk: penso que lá empatámos 1-1. O golo do empate surgiu por Vermelhinho, deposid e uma cabeçada de Walsh à trave. Ou terá sido ao contrário??? Nas Antas, foi uma reviravolta fantástica. Penso que o Jaime Pacheco marcou...

- O facto de eles repetirem os golos no final era aquela cereja no topo do bolo por que todos ficávamos à espera... quando o FCP ganhava, claro :) Também ouvi muitos relatos pelo Paulo César Oliveira, mas não eram a mesma coisa...

21/12/06 12:07 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Guarda Abel... tu tens uma preciosidade em casa, espero que tenhas consciência disso.

Todos aguardamos ansiosos pela divisão desses golos... especialmente os de Viena, quando tiveres disponibilidade.

Já agora... alguém tem em MP3 o registo sonoro daquela fantástica musica: "Todos de pé, bandeiras no ar..."

21/12/06 12:24 da tarde  
Blogger JRP said...

Também julgo que foi 1 a 1, mas agora tenho dúvidas se estou a baralhar com o Brondby na carreira de 87, em que definitivamente empatamos fora 1 a 1.
No jogo em Donetsk, tenho na memória que os jogadores estavam todos de luvas e de meias calças pretas.
O maradona já não fazia parte dessa equipa. Julgo que na altura já era do Napoles e não jogou nas Antas... ou isso ou estava castigado depois de um enorme disparate que fez no campeonato espanhol. É uma das minhas maiores mágoas... Nunca ter visto o Maradona jogar ao vivo!

21/12/06 2:58 da tarde  
Blogger O Situacionista said...

Aníbal, retiro o que disse !!
Meu caro, por favor, não insira mais relatos !!!
Eu quero chegar ao Natal...

21/12/06 3:39 da tarde  
Blogger PavlovDoorman said...

Eis o momento saudosista da época.
Grande Aníbal e as suas memórias.
Uma achega assim em jeito de repto quem se lembra da música tocada muitas vezes no quadrante e que rezava assim:

Todos juntos
Bandeiras no ar...

alguém se lembra/tem esta música?
Boas festas a todos

21/12/06 9:24 da tarde  
Blogger PavlovDoorman said...

nessa música a reter o seguinte:

Porto nobre Cidade
Terra de Liberdade...

21/12/06 9:25 da tarde  
Anonymous js said...

em http://blogs.tripanario.com/js/archive/2005/05/27/799.aspx tenho disponível o 1º golo de viena (antena 1 - António Pedro e Óscar Coelho)

----

Todos de pé, bandeira no ar
Todos de azul de pé a gritar
O Porto é o maior e o resto é conversa

E todos juntos, todos mão na mão
Todos gritando viva o Campeão
E todos juntos sempre
É sempre uma festa

E essa festa é festa de tanta gente
Que ser do POrto é nunca estarmos sós
É gritarmos sozinhos e de repente
Ter um milhão de vozes na nossa voz que é voz do

Porto Oh Campeão
Invencível dragão
Porto o maior de Portugal
Porto nobre cidade
Terra da liberdade
Donde houve nome Portugal

Porto nobre cidade
Terra da liberdade
Donde houve nome Portugal
Porto Oh Campeão
Invencível dragão
Porto o maior de Portugal

Todos de pé, bandeiras no ar
Todos de azul de pé a gritar
O Porto é o maior e sempre há-de ser

1985 - António Tavares Teles / Tozé Brito

Esta música foi uma tentativa de criar um novo hino para o FCP, aliás a capa do single diz mesmo: "Hino do Futebol Clube do Porto", mas depois houve um retrocesso no processo e voltou-se ao hino cantado pela M.A.Canossa

Um dia destes tenho de arranjar um gira-discos para passar isto para MP3.

21/12/06 10:06 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Grande JS... não me lembrava de 3/4 da letra!
Era uma grande música!!!! Ainda arrepia... Uma pena que a não ponham a tocar na estádio em vez de andarem a perder tempo com outras de gosto muito mais duvidoso.
Obrigado!

22/12/06 1:01 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Ter essa música em MP3 seria supinmpa. É capaz de dar algum trabalho...

Acho que se está a criar uma task force interessante :)

Um projecto interessante seria criar um museu virtual do clube... não acham? Fotos, vídeos, registos audio, digitalização cromos, bihetes... coisas que todos temos em casa e guardados nos PCs e que poderiam ser organizados e tornados públicos por um grupo de pessoas num único local.

22/12/06 1:07 da manhã  
Blogger Zirtaev said...

Obrigado Aníbal por esta recordação. Quem não se lembra dele. Era eu um puto, mas adorava aquilo. Digam-me que não tenho a certeza, o Bernardino Barros não era comentador dos relatos dele??

Um abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/

22/12/06 2:38 da tarde  
Blogger Jorge said...

Ja agora gostaria de saber se e possivel arranjar DVDs sobre as grandes vitorias do Porto, tanto a nivel nacional como internacional.

Dado o pessimo trabalho que o Porto tem feito em termos de marketing e merchandising duvido que eles alguma vez editem um trabalho desse tipo, mas talvez haja quem ja o tenha feito.

Eu daqui so consigo fazer buscas na internet e nunca encontrei nada de interessante, mas gostaria muito de ter DVD para recordar os exitos do Porto e mais tarde mostrar ao meu filho.

22/12/06 3:05 da tarde  
Blogger Zirtaev said...

Jorge há bem pouco tempo o FCPorto editou e colocou à venda todas as finais do clube em DVD. Nas lojas azuis ainda deve haver à venda.

Um abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/

22/12/06 3:50 da tarde  
Anonymous Acosta said...

Se dúvidas houvessem de que o clube pertence aos adeptos, aqui podem ser dissipadas!
Muitas vezes, até nós nos esquecemos onde está a verdadeira razão de ser dos clubes da bola.

22/12/06 5:01 da tarde  
Blogger Jorge said...

Zirtaev:

O conjunto de artigos disponiveis atraves da internet e muito limitado das varias visitas que faco a loja azul na internet nunca encontrei DVDs.

Tambem tentei varias vezes o ebay com o mesmo resultado.

Havera outra maneira de comprar esse DVD?

23/12/06 2:01 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Portistas,ate me arrepiei ao ler este post e comentarios,por momentos voltei a minha infancia,de futebol ao domingo a tarde e relato na radio e ir as antas em autocarro de dois andares(verdes?)e do "nao adianta chorar tibi,a bola ta no fundo do gool".
Nos nao vivemos do passado,mas e sempre bom recordar.

Jorge,se tiveres interesse,eu tenho 3 DVDs,Uefa e CL

23/12/06 3:50 da tarde  
Anonymous miguel87 said...

JS: tenho gira-discos e facilmente passo isso pra mp3! se quiseres, manda mail: isaacabrao@hotmail.com

23/12/06 4:34 da tarde  
Anonymous guardabel said...

eu tb passo vinil para mp3!

guardabel@portugalmail.pt

23/12/06 9:31 da tarde  
Anonymous guardabel said...

A tal canção de que se falava:

http://www.youtube.com/watch?v=fjurii6RLS0

27/12/06 11:11 da tarde  
Blogger AZULEBRANCODIXIT said...

Olá Pooorrrtttoo !!
Gomes Amaro è um símbolo nosso, quando surgiu, na época de 1974/75 ( 16 clubes-30 jornadas e a vitória a valer 2 pontos), que terminamos a 1ª volta em 1ºlugar, com 3 pontos de avanço sobre o Benfica e com a vantagem de termos ganho na Luz por 1-0, com o golo a ser marcado pelo Teofilo Cubillas na conversão de uma grande penalidade cometida sobre o Oliveira, salvo erro por volta da meia-hora de jogo, disputado num sábado à noite. Desde a época de 1967/68 que não dobravamos o então, campeonato da 1º Divisão, nessa posição. Lembro-me como se fosse hoje dessa vitória qie para mim portista feito na hora da humilhação e da derrota foi na altura um marco que só tinha tido paralelo numa outra vitória também em Lisboa, mas no Estádio de Oeiras, por 3-0 sobre o Sporting, isto é claro em jogos fora para o campeonato, porque em casa na mesma época eleminamos o Barcelona vencendo fora por 3-1.
Lembro-me do ''Zé Franganito vem conferindo comigo tempo e placard lá pelo Estádio do Beira Mar'' e ainda '' do bolão de couro rolando no tapete verde das Antas''.
Dizia-se que Gomes Amaro seria benfiquista mas ele auto-intitulava-se do Espinho. Ainda hoje não sei se era assim ou não. Muito mais haveria a dizer sobre este fenómeno.
Por último: o golo ( de Ademir) deste relato em anexo refere-se ao que valeu o empate a 1-1 na antepenúltima jornada de 77/78 e que permitin mantermos a vantagem sobre os menstruados e sermos campeões ao fim de 19 anos !
O golo de Duda que o Aníbal Letra se referiu foi na época seguinte , mais concretamente em Setembro de 1979 para a Taça dos Clubes Campeões Europeus 2ºMão no S.Siro - vitória por 1-0 em que na sequência de um livre directo, tal como mno ano passado, no mesmo estádio e na mesma baliza o hugo Almeida 'facturou'.A única diferença, para além do resultado, foi que o do Duda- espécie Derlei dos anoa 70, embora mais lento e com menor poder de pressing, mas Portentoso e superior no jogo aéreo-e que diferença foi que o remate foi rasteiro e junto ao poste de tal forma que o Albertosi, guarda-redes do Milan, no desespero não evitou bater violentamente no poste com a cabeça,´tendo sido substituído. Com o 0-0 da 1ª mão seguimos em frente sempre com a reportagem do Quadrante Norte e com os comentários do saudoso Alberto Sérgio complementando a fogosidade dos relatos do Mestre Gomes Amaro. Na ronda seguinte demos 4-0 ao Man.United ( 3 golos de Duda e 1 de Oliveira) e lá na 2ºmão pedemos 2-5 ( Seninho 2 golos) com 2 golos em que o Fonseca foi 'varrido´' para dentro da baliza e ainda a infelicidade do Murça - um dos melhores laterais esquerdos que tivemos- a maracar dois golos na própria baliza, neste caso não ouvi Gomes Amaro porque pela 1ºVEZ a R.T.P. TRANSMITIU EM DIRECTO UM JOGO DO F.C.P.UM PRENÚNCIO PARA QUE ANOS MAIS TARDE A GLÓRIA DOS TEMPOS DA RÁDIO FOSSE PERDENDO FULGOR. AH! a propósito passamos a elemintória e viramos a sucumbir perante o Anderlecht: 0-0 cá 0-3 lá.
Por último recordo o relato de um U.Tomar-Porto ( 0-7 ) em que a certa altura já na 2ª parte perto do final o Porto desatou a marcar e o Amaro relatou : EH !AGORA COMO É QUE FICA SILVA MORAIS COMO É QUE FICA VAI LÁ SILVA MORAIS VAI LÁ VAI BUSCAR VAI BUSCAR NO FUNDO DO GOL E TU GAROTO DO PLACARD VAI PÔR O SEXTO PRÓ PORTO ! - ANTES QUE ELE VOLTE A MARCAR ( e voltou )
E eu também voltarei Abraço Draconiano !

28/12/06 5:17 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Azulebrancodixit:

Muito obrigado pelas suas memórias... são enormes e levam-nos a viver tempos que alguns de nós não viveram.

Só uma pequena correcção ao seu texto: A eliminatória com o Manchester é em 77-78 para a Taça das Taças, a de Milão é em 78/79 para a Taça dos Campeões. Por isso, o Porto não eliminou o Milão e o Manchester no mesmo ano.
Foi um pequeno "lapsus memoria", perfeitamente compreensível. Obrigado e apareça sempre com as suas memórias!

28/12/06 6:30 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Ah... esquecí-me!
Quando eliminamos o Milan, depois fomos eliminados pelo Real Madrid, 1-0 fora e 2-1 em casa, com o golo dos Madrilenos a ser marcado quando Fonseca ainda dava instruções à barreira. Gatunices... à antiga! Contra espanhois já se tornou regra!

28/12/06 6:32 da tarde  
Blogger AZULEBRANCODIXIT said...

Caro Aníbal

Obrigado pelas correcções. tem toda arazão chuvia muito e oárbitro inventou um livre indirecto que o falecido Cuningham 'facturou'
Até breve !
JosÉ Carvalho

28/12/06 8:28 da tarde  
Anonymous guardabel said...

A RTP Memória pasa tantos jogos antigos... será que não haverá nos arquivos aquele Man. United-FCP fdos 5-2??? Era bom recordar esse jogo, até porque foi uma derrota com sabor a vitória.

29/12/06 12:37 da manhã  
Blogger AZULEBRANCODIXIT said...

Ah esqueci-me 'lá' em Donetsk o resultado foi mesmo 1-1. Marcámos por intermédio do Walsh a 15 minutos do fim !
Abraço !

31/12/06 2:40 da manhã  
Blogger Paulo Oliveira said...

Salvé!
Tenho 25 anos e nao me lembro do Gomes Amaro, mas lembro-me perfeitamente do Paulo César Oliveira e do Jaime Fernandes e com muita saudade dos fantásticos relatos!
Sera que alguém consegue arranjar a musica "Na cadência do samba" - a versão cantada (Que bonito é as bandeiras tremulando, a torcida delirando vendo a rede balançar) em mp3 que tocava sempre que o FCP marcava golo? A versão instrumental ja tenho, mas gostava mesmo da versão antiguinha cantada.

Saudações portistas!
Obrigado

31/5/10 1:24 da manhã  
Anonymous arnaldopybho said...

E também fizeram parte do "Quadrante Norte "os comentadores Alberto Sérgio e Manuel Dias

21/6/19 9:27 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home