quinta-feira, maio 11, 2006

Bilhetes para o Jamor


A história dos bilhetes para a final da Taça de Portugal está muito mal contada. Eu compreendo que a FPF tenha que reservar alguns bilhetes para patrocinadores, associações e afins... mas 13 mil bilhetes?

Leiam a explicação do jornal OJogo.

A FPF, que tem no exemplo do seu presidente, a mais aberrante demonstração da inutilidade, imbecilidade e incapacidade da sua organização, tende a transformar a Final da Taça de Portugal num convívio anual entre "engomadinhos" enfiados em frapé, que a todo o custo procuram fugir do povo que respira, transpira e vibra futebol! Uma vergonha!

14 Comments:

Anonymous ACosta said...

100% de acordo!

Quer quanto à evidente inutilidade, ao desajuste da realidade do futebol em Portugal (enquanto industria e fenómeno de massas), quer ainda quanto ao jogo em causa...

Será que é a única altura em que a FPF pode aparecer ao lado do Poder sem levantar suspeições?

Uma verdadeira tanga esta FPF.

11/5/06 4:18 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Não faz qualquer sentido esta distribuição.

Só vou conseguir ir ao jogo, porque consegui bilhetes (pagos) através de pessoas ligadas à FPF. Mas foi uma sorte e por mero acaso (graças a este artigo).

11/5/06 4:28 da tarde  
Blogger O Situacionista said...

Caro Aníbal,

Esta "estória"´só tem um nome - IMORAL !!!

Mas o nosso Clube e respectiva forma de venda de bilhetes, sem qualquer preferência dada aos sócios com lugar anual, também deixa muito a desejar...

11/5/06 4:56 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Totalmente de acordo, "O situacionista"!

11/5/06 5:24 da tarde  
Blogger AFC said...

Quem esteve no Dragao sabe a vergonha que se passou na terça feira

11/5/06 6:39 da tarde  
Anonymous porto1969 said...

no NOSSO PORTO,ha so bilhetes para AMIGOS.
e pena mas e verdade

11/5/06 7:52 da tarde  
Anonymous JM said...

tanga da FPF e nao só.. na casa do FCP em lisboa so tem bilhete quem se inscrever para um almoço de convivo em massamá no sabado. O almoço custa 30euros mais 30 pelo bilhete.. acredito que para quem trabalhe nao seja caro mas para mim q sou um estudante e tenho de pagar da minha mesada é um escandalo. Perguntei se n ia havaer bilhetes de socio que tmb pago do meu bolso e disseram.me que nao.. q se queria bilhete tinha de ir ao almoço.. será caso para dizer.. vale a pena ser socio do FCP se nao vivo no Porto cidade?

pelos vistos nao.. mas nao é por isso que o deixo de ser!

a politica de bilhetes para os jogos fora deveria ser revista..nao duvido que os portuenses portistas devam ter direito a maior parte dos bilhetes mas custava assim tanto mandar 400 ou 500 bilhetes para as pessoas de lisboa que nao tem a oportunidade de ver o nosso clube todos os f d s?

11/5/06 9:19 da tarde  
Anonymous kostadinov said...

os imbecis do costume através de um esquema de troca de lugares na fila, suportado pela força, pela ameaça e pelo medo conseguiram a maior parte de poderes. Tudo isto com a cumplicidade camuflada de directores e forças policiais. No episodio seguinte,os actores eram os mesmos e o cenário também, só os papeis é que eram diferentes...os imbecis deixaram de ser compradores e passaram a vendedores !!
Inacreditavel, incrível, mediocridade, amadores, falta de respeito e consideração, foram palavras que me ocorreram quando li neste blog, que não foi dada preferência aos sócios com lugar anual....e eu que estava sem ideias de ir ao estádio municipal de oeiras..

11/5/06 10:31 da tarde  
Blogger NPRC said...

Digo aqui o que disse no meu blog;

«Depois das trapaçadas de Sevilha e de Gelsenkirchen, eis que voltam ao Dragão o problema dos bilhetes para as finais. Desta vez a final da Taça de Portugal. Ao que se consta agora o conflito rebentou por alegadamente alguns “chicos-espertos”, conotados com os SD, tomaram a dianteira das fileiras sem aviso previo e ainda não satisfeitos terão e estarão a quer fazer negocio candongueiro à custa daqueles que não conseguiram o seu bilhete por causa desses “chico-espertos”.

A SAD do FC Porto tarda em criar mecanismos e medidas mais justas de triagem na venda de bilhetes nestas ocasiões, tal como estabelecer prioridades aos detentores de lugares anuais, para que deixem definitivamente de existir estas situações desagradaveis que só prejudicam o nome do Clube.

Diga-se contudo neste caso, que a FPF tambem é em boa medida responsavel por esta escassez de bilhetes, pois ao que parece reteve em seu poder 25% da lotação do estádio de Oeiras, por “alegados compromissos comerciais”. Disto apenas apetece-me transcrever o que José Manuel Ribeiro escreveu n´O JOGO; «Os que constantemente pedem ao povo para se unir em torno da Selecção Nacional são os mesmos que têm feito os possíveis - pelo menos, por inércia - para o afastar da Taça, que transformaram numa festa privada dos amigos deles, dos amigos dos amigos deles e, se tiver mesmo de ser, de alguns adeptos dos dois finalistas.»

12/5/06 2:18 da tarde  
Blogger O Situacionista said...

Caro NPRC,

Apesar de, em tese, não me importar nadinha (bem pelo contrário), que estas situações aconteçam muitas vezes e de saber que, felizmente, este é um problema que em Portugal só afecta o nosso Clube (uma vez que é o único que está regularmente em finais nacionais e internacionais), penso que tudo tem limites.
É que não me conformo, de maneira nenhuma, por não ter conseguido um bilhete para Domingo, quando fui preterido para que outros pudessem fazer "negócio".
Daí que subscreva na integra o seu comentário.

12/5/06 5:20 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Apesar de ter conseguido arranjar bilhetes para o Jamor aos preços faciais dos bilhetes, acho que a organização da sua venda correu pelo pior. Era previsível o que se sucedeu...

12/5/06 5:53 da tarde  
Anonymous Daniel Pinto said...

Pessoal, este é um bom problema... vejam também as coisas pelo lado positivo. É sinal que o Nosso Porto está regularmente envolvido em grandes decisões, em grande finais. Eu sei, que custa não poder lá estar...também quis estar em Gelsenkirchen e aconteceu-me o mesmo. Por acaso, e com alguma sorte consegui arranjar um bilhete para ir, mas desta vez nem o meu grande companheiro destes momentos consegui que fosse comigo: o meu Pai que desta vez também fica a sofrer em casa. Independentemente de tudo Domingo temos que estar unidos para fazermos a Dobradinha e escrever mais uma página bonita da história do FCP. FORÇA PORTO!

12/5/06 8:35 da tarde  
Blogger hugo said...

Apesar de ter conseguido arranjar bilhetes através dos Dragões de Lisboa estou 100% de acordo com o post

12/5/06 11:36 da tarde  
Anonymous jm said...

hugoo.. dragoes de lisboa como?? inscrevestete no almoço? a mim disseram-me que so tinha bilhete quem fosse almoço de sabado ou seja 30 euros pelo bilhete mais 30 pelo almoço!

13/5/06 4:05 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home