quarta-feira, agosto 09, 2006

Co Adriaanse bateu com a porta!

Antes de pensar no futuro treinador do F.C.Porto, e nas implicações negativas para o que resta da época(que por acaso é tudo), o sucedido foi tão grave que é premente analisar a situação e porque não… Discutir quem tem culpas em quê!

Não há dúvida que o foco de tensão entre Adriaanse e a SAD foi Hesselink. O treinador Holandês fez questão de mostrar à administração mas também ao mundo que queria o avançado e que ele era peça nuclear no esquema de jogo escolhido e no sucesso do mesmo. Em algumas afirmações, Adriaanse chegava ao cúmulo de afirmar que um novo ponta-de-lança resolveria os problemas da equipa, mesmo depois do FêCêPê ter sofrido 6 golos em 2 jogos. Desde há algum tempo que se notava em Adriaanse, através de falaciosas afirmações, um maior egocentrismo, uma crescente busca de protagonismo, uma sobranceria despropositada misturando um sarcasmo até então desconhecido. Em desacordo com a política desportiva do clube… demitiu-se! Demitiu-se deixando um plantel moldado para 3 defesas, com carências em áreas nucleares… com o primeiro jogo oficial já à distância de 1 semana. Fico com a ideia que Co Adriaanse já tinha ameaçado que a não vinda de um avançado com as características por si desejadas significaria a sua saída do comando técnico do clube. Não terá sido por isso que não houveram dispensas? Não terá sido por isso que Antero Henriques foi ontem para o Brasil?

Agora a SAD! Como é que uma Sociedade Anónima Desportiva se dá ao luxo de definir uma política desportiva sem a anuência do treinador… o grande responsável e motor dessa política… aquele que a vai pôr em prática? Será que para os administradores da SAD, o treinador de uma equipa de futebol é um apêndice, um dejecto dispensável que só percebe de tácticas e de metodologias de treinos? Qual é a política desportiva da SAD? Alguém sabe? Como é possível pagar 8 milhões ou mais por jogadores indicados por empresários e não dar esses 8 milhões por um jogador que o treinador acha que é fundamental para o êxito de uma estratégia táctica? Onde está a coerência? Não sou dos que quando as coisas correm menos bem, clamam por despejo mas está chegada uma altura em que numa Assembleia Geral de SÓCIOS, sejam dadas explicações aos SÓCIOS sobre o que esta Administração quer para o clube e que sejam dadas condições aos associados que o desejem, de manifestar a sua discordância, de propor alternativas ou outras sugestões, coisas que infelizmente foram sempre vistas no clube como heresias… afrontas directas a Pinto da Costa. Co Adriaanse abandona o clube porque ousou discordar de Pinto da Costa ou da Administração da SAD, numa área em que ele (Adriaanse) tem incomparavelmente mais condições de ser bem sucedido. É preciso pensar muito bem no que isto significa!

41 Comments:

Anonymous ACosta said...

Ai está um dos melhores posts desde o Carago Sim Carago! Honestamente não achei que o Aníbal o escrevesse (ainda que o pudesse pensar).

Gostava que o Antero pudesse ler.
Seria bom que a SAD, em vez de discursos populistas e demagógicos, viesse demonstrar Razão e Direcção.

Com decisões estruturantes.

9/8/06 6:02 da tarde  
Anonymous 1 PORTISTA nos algarves said...

E agora quem é que vem treinar uma equipa formatada para 3x4x3 e disputar o campeonato em condições com o sporting que é até ver a equipa mais interessante da pré-época? Sr.Jorge Nuno... há quer dar explicações sérias e não assembleias gerais ou entrevistas da treta! As OUTRAS perguntas ficam para depois... Agora há que remediar de forma minimamente aceitável a situação

9/8/06 6:04 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Grande Aníbal!
Que haja muitos mais portistas assim, de preferência sócios, que possam exigir aos responsáveis do clube explicações convincentes.
Eu posso pedir muito, mas como não sou sócio, não posso exigir nada!

De facto urge termos uma estrutura verdadeiramente profissional no FCP, que projecte o grande clube que temos no futuro e não o faça depender do presidente A ou B ou do treinador C ou D.

Mas infelizmente acho que esse tempo ainda não está próximo.

Aguardemos os desenvolvimentos...


P.S.: É impressão minha (porque para quem vive o clube à distância existe muita coisa que não é perceptível) ou daquela SAD só se safa o Antero Henrique? Falando obviamente em termos de "profissionais qualificados"?

9/8/06 6:14 da tarde  
Anonymous Ricardo N said...

Não haveria uma comissãozita destinada ao Adriaanse para a transferência do Hesselink???

9/8/06 6:27 da tarde  
Anonymous José said...

"...Agora a SAD! Como é que uma Sociedade Anónima Desportiva se dá ao luxo de definir uma política desportiva sem a anuência do treinador… o grande responsável e motor dessa política…" Quem, o CO?????!!!!!

Mesmo assim, ainda achas que ele é o maior?!...
O CO para ganhar alguma coisa na vida teve de vir para o FCP, essa é que é a realidade, quer queiras quer não.
Já agora, e em relação a uma discussão antiga, lê, se quiseres, as declarações do próprio:

"- O que esteve na origem da sua saída do Standard? Foi uma aposta falhada ter ido para a Bélgica?

Foram motivos relacionados com a minha família. Não foi uma aposta falhada. Do ponto de vista pessoal, senti-me bem e voltei a fazer aquilo que mais gosto, que é jogar futebol. Fiz cerca de 25 jogos e voltei a ser feliz. Portanto, não me posso arrepender de ter ido atrás da felicidade. Em termos colectivos, o Standard apurou-se, pela primeira vez, para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões." Jorge Costa em resposta a um jornalista.

9/8/06 6:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mas expliquem-me lá, só quero que me digam se acham que em Portugal existe algum clube onde seja o treinador o manager/gestor dos plantéis.

Depois digam-me qual a competência demonstrada deste homem em contratações:

Sandro, Alan, Sonkaya, Ezequias, Sektioui.

É que o Hesselink não ia ficar só em 8 ME, eram os 8 ME, mais o dinheiro deitado fora investido em Postiga e Hugo Almeida só porque ele acha que os portugueses e os brasileiros não sabem jogar na área!!!

Isto faz sentido??

Faz sentido atirar as culpas para a SAD só porque um treinador não se toca e não percebe que não está na Holanda nem no AZ?

Ele devia era agradecer à SAD porque contratou antes de ele aparecer por cá Lucho Gonzalez, Lizandro, Pepe, Quaresma, e Bosingwa ( o tal que ele criticou em público, mas que lhe safou o coiro no ano passado, depois do fiasco Sonkaya) que lhe deram os titulos que ele não tinha.

Já repararam que a novela Hesselink é igual à do Kromkamp do ano passado e que ele queria que o FCP desse 7 ME por um defesa direito, tendo recusado Cicinho mais barato?

Por onde anda Kromkamp? A ser despachado por Villareal e Liverpool onde nunca tocou na xixa. E íamos nós gastar 7 ME nele!!!

Tomem juízo, Adriaanse tem personalidade e provou não ser o péssimo treinador que muitos asseguravam ser, mas em matéria de contratações não devia ter esticado a corda daquela forma. Chegou a ser insultuoso!!!

Estou convencido que se ele não se demitisse era despedido mais tarde ou mais cedo!!!

9/8/06 6:49 da tarde  
Blogger Lance said...

A atitude do Co faz lembrar a d'um puto que pede ao pai um ipod ou uma PlayStation e como o Pai não dá porque acha que não tem condições para isso o puto chateia-se e foge de casa, foi o que fez o Co não teve o que quis e bateu com a porta depois de andar a fazer declarações bastante infelizes.

Dizer que se não vem o PLC que ele quer e por sinal custa 8,5 milhões então vamos continuar a perder, é uma total falta de respeito para os jogadores do plantel e falta de profissionalismo também.
Depois de em 2 jogos sofrermos 6 golos anda preocupado com o ataque.

Ainda bem que se foi embora, foi pena é ter sido nesta altura, no fim da época passada já não devia ter regressado de férias.

9/8/06 7:05 da tarde  
Anonymous Slayer said...

Não foi surpresa nenhuma. A corda esticou ao limite. Creio que o problema do Co foi demasiado tempo passado na Holanda. Se tivessem feito o estágio de pré-época na Dinamarca, na Suécia ou em Inglaterra, o tipo não teria todos os dias a imprensa e os amigos da terra dele a dizer-lhe que ele é o maior. Veja-se o discurso dele há cerca de 15 dias dizendo que agora é um "treinador de top" por ter ganho títulos. Se calhar emprenhou pelos ouvidos com os amigos a dizer-lhe que, se ele quiser, tem lugar em qualquer clube "de topo" europeu.

Feitio egocêntrico, arrogante e prepotente (Esta pré-época fez-me lembrar o estágio da selecção com o outro animal)

Porque é que é sempre a mesma porcaria? Vem um treinador italiano, traz jogadores italianos. Vem um alemão, idem aspas, inglês, a mesma cena... e os clubes vão atrás!

Concordo com o RicardoN, estes tipos devem é andar atrás da comissão! Se calhar, o Hesselink nem custaria 4M€, mas depois de o Co ter aberto a bocarra (provavelmente a pedir comissão a quem o vende) foi ver o preço subir!!

Desculpem lá a extensão da cena...

9/8/06 7:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meus amigos,

Eu aposto em Vanderlei Luxemburgo.

9/8/06 7:48 da tarde  
Anonymous Portista said...

"... ou daquela SAD só se safa o Antero Henrique? "


LOOOOOOL

Mal voces sabem q o clube/sad se transformou no q transformou desde a entrada desde falso portista, mais alguns.

O treinador pode ter culpa em algumas coisas... Mas esta SAD é uma merda e só pensa em fazer dinheiro.
O futebol e a equipa é secundário.

Comissões é q interessa fazer!

AG?? Para que?
Se os proprios socios/adeptos portistas sao censurados em casa (estadio) quando criticam, q vai resolver uma AG?
Resposta: NADA!

Na ultima, um pequeno grupo de socios opos-se ao aumento das cotas.
Resultado: ameaça do sr Pinto da Costa.
Quem lá esteve sabe do q falo e nao gostei de ter visto portistas a ser ameaçados!

Pior ainda é usar o argumento do aumento de cotas para ter dinheiro para construir um pavilhão!

Para um clube cada vez mais parecido com o Benfica dos anos 90: SEM COMENTARIOS!

9/8/06 7:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anibal Letra, os teus comentários que tenho vindo a ler aqui neste blog, que 95% das vezes concordo na totalidade, hoje estou totalmente em desacordo, e por isso resolvi escrever.

Provavelmente concordarás comigo, que qualquer negócio deve ser executado no mais breve espaço de tempo, e sem muitas negociações, nem anteriores comentários de que se iria comprar.

Tudo isto a propósito do Ponta de Lança, pois o problema como se pode ver aqui, o próximo treinador já não terá, pois considero o Postiga, desde que devidamente aproveitado de todas as suas potencialidades e recursos um Ponta de Lança. Até porque se recuarmos até aos campeões do Mourinho, verificamos que Derlei não jogaria na equipa do Co.

Pelo exposto a política desportiva é um pouco ao sabor das estrelas que se podem encontrar num determinado tempo e época

9/8/06 8:07 da tarde  
Anonymous vlk said...

portista, se o antero henrique é 1 deles ou ñ, ñ sei, m que a SAD tem lá mt corja ñ haja duvida..
e ta visto que o PC se dá mt mal com este tipo de gestao( sad) no tempo em q ele era rei e so a sua opiniao contava as coisas eram bem difrentes...

este caso, q ainda pra + ñ é novo, o del neri á 2 anos saiu exactamente por esta altura,é demasiado grave, ñ se pode fazer 1 pra 1 treinador, pra 1 sistema, e dp entrega-la a outro..

e se este novo treinador exigir novos jogadores, o q é legitimo, pois ha mts falhas nomeadamente pra uma defesa a 4 elementos, e ñ falo so dos laterais, pois so temos 1 central d qualidade, será q ai ja vai haver dinheiro!!

qt ao proximo so espero q ñ seja mais 1 estrangeiro a cair cá de para-quedas, como este e o del neri, ou ate o fernandez, de da cultura do clube e do fut portugues nada sabem...

na minha opiniao a escolha seria o queiroz, m duvido q nesta situaçao aceite. agostinho oliveira, ou algum estrangeiro q conheça bem a nossa realidade, mais tiros nos pés é q se dispensam...

9/8/06 8:08 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Co Adriaanse é o grande responsável por esta saída! Ele é que fez a corda esticar como alguém disse. Mas a SAD não pode limpar as mãos como Pilatos.
Claro que tirando Mourinho mais nenhum treinador escolhe planteis por inteiro, mas uma coisa bem diferente é a SAD contratar e depois o treinador ter que dar o aval como aconteceu no passado recente. Parece que Postiga começará a fazer parte do plantel a partir de segunda-feira. Eu bem vos disse que tinha ouvido uns "zuns zuns" que a SAD andava a tentar impingir Postiga a Adriaanse e ele negara-se sempre a sequer pensar na situação!

9/8/06 8:18 da tarde  
Anonymous tripamoura said...

Num clube normal é natural que seja o treinador/manager a escolher a equipa pois a direcção percebe pouco de bola; se não confiam nele arranjam uma espécie de "director desportivo" para controlar as comissões. No FCP o presidente percebe mais de bola do que muitos treinadores e já viu mais jogos de futebol de todos os escalões do que todos nós juntos... portanto faz sentido que qualquer treinador tenha que coordenar com ele o plantel. Essa é uma das coisas que o Co devia ter percebido e parecia que tinha percebido. Quando quer mais jogadores fala com o presidente e põe-se de acordo,não fala com os jornalistas.
Outro ponto é que o presidente já não anda tão envolvido no negócio e o futebol tb ja não é o mesmo: quando 8 dos 11 jogadores eram portugueses ele sabia como ninguém quais eram os melhores e como lá chegar primeiro. Hoje em dia as equipas têm 2 ou 3 portugueses titulares e já tem que depender mais de empresários, ajudantes e outros rastejantes...
Tudo isto só aumenta a responsabilidade da escolha do treinador - tem que ser capaz de construír uma equipa equilibrada, seja com 8 milhoes de hesselink ou duas super bocks e uma francesinha a um jovem promissor que venha das barracas de gaia. Além disso tem que se dar bem com o presidente. Não é pedir demasiado e há com certeza muitas opções, desde que os abutres não se metam a escolher o treinador também com olho na comissão... O Co não era claramente a pessoa certa - só conhecia jogadores holandeses, não procurou falar a língua e conhecer jovens portugueses com potencial (baratos) e no final estragou a relação com o presidente.
Felizmente demitiu-se e não precisa de indemnizações...
O avançado tá a caminho com certeza e o novo treinador se for bom percebe logo que precisa de defesa mais forte. Vamos aguardar... como dizia o outro, têm 2 dias para anunciar o desejado
:-)

9/8/06 9:09 da tarde  
Anonymous Cláudia said...

Concordo e muito com o post.

Por muito pouco que se goste de Adriaanse, que se explique então porque lhe impingiram o Ezequias e quem ganhou comissão com isso. Só para dar um exemplo.

Não acreditem que foi por causa da não vinda do Hesselink. A SAD quer comissões e ponto final.

Em relação ao Antero Henriques que o Pedro fala... Enfim... Esse é mais do mesmo. Anda a ser "treinado" para a sucessão. E assim sendo, com os mesmos vícios, claro. Pessoalmente e do contacto que tive com ele é de uma arrogância e de um convencimento atroz!

9/8/06 9:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Paulo Autuori não deverá ser o próximo treinador do F.C.Porto porque está no Japão onde treina o Kashima Anters.

http://www.so-net.ne.jp/antlers/english/profile/de_autuori.html

9/8/06 10:53 da tarde  
Blogger DragãodeÁgueda said...

Independentemente de se concordar ou não com muitas atitudes de Adriaanse (e eu critiquei-as muitas vezes, nomeadamente em termos de gestão de grupo), esta decisão é dramática. A 10 dias de discutir um troféu? Meu Deus, será que a época 2004/05 não ensinou nada a esta gente? Se o homem agora se demitiu deveria ser recusada a sua demissão. Como é possível esticar assim a corda até rebentar, depois de se mandar embora o McCarthy e o Hugo Almeida (sei que muitos o criticam, mas para mim aquele golo em Coimbra valeu muito do título), e o Diego (que eu continuo a acreditar nos iria dar grandes alegrias)?
Quem vai agora pegar nisto com os jogadores rotinados num sistema que mais ninguém usará?
Um desafio: tentem lá formar um 11 em 4-3-3. E já agora em 4-4-2.
Difícil, não é?
Conforme previ o regresso do Postiga já é oficial (este rapaz é um novo Anelka. Cheio de talento, mas convencido qu é um Maradona e correr não é com ele. Ou atina ou..... adeus, foste o elo mais fraco).

9/8/06 10:55 da tarde  
Anonymous Red Devil said...

A SAD queria contratar o Jôjô, indicado pelo Jorge Mendes, como prémio por ter evitado a entrada de 15 milhões no SLB provenientes do Simão.

Ora bem, o negócio era de 4 milhões oficialmente pagos a uma só entidade, a empresa das Bermudas do Jorge, e depois era distribuido do seguinte modo:

Jogador:

70.000 euros/mês, com entrega de 10.000 a cada um dos mamas.

Clube:

4 milhões, posteriormente distribuidos por 6?!?!? intermediários sendo que o clube mamava apenas 2 milhões directamente.

Toda a gente rouba:

O olheiro
O empresário
O contactador
Os dirigentes A e B
Mais incrivel, geralmente pagam 10% ao pai do jogador, para se calar, topem só o pai do Diego! Meia boca no trombone e vaza!!!!

9/8/06 11:12 da tarde  
Blogger DragãodeÁgueda said...

Questão: quantos pontos acham que esta decisão pode custar em termos de campeonato? Eu aposto no mínimo em 10.
E com o Paulo Bento de início no Sporting, não sei não....(apesar do futebol horrivel com que nos presenteou a época passada...)

9/8/06 11:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A demissão de Co Adriaanse veio criar condições para Pinto da Costa ter uma oportunidade única de mostrar, de uma forma radical, que ainda acredita nos valores da mística que, com a chegada do holandês, começaram a evaporar-se lá para as bandas do Dragão.

Abro um parênteses para dizer que sou um profundo admirador de Co Adriaanse, um treinador que pensa pela sua cabeça e acredita convictamente nas suas ideias, na vitória e na derrota. E, honra lhe seja feita, foi o único treinador que ditou leis no Dragão. O clube é que se adaptou a ele e não o contrário, como era costume.

Com a sua demissão, Pinto da Costa pode voltar a fazer furor junto dos adeptos. Como? Fácil. Basta promover Rui Barros a treinador principal, pedir a Vítor Baía que acumule as funções de jogador com a de treinador adjunto e chamar Jorge Costa para terceiro elemento da equipa técnica. O “Bicho” pode até dar uma ajuda, pois parece claro que o FC Porto voltará a jogar com quatro defesas.

O FC Porto só tinha a ganhar com essa decisão. O balneário estava conquistado à partida, os adeptos ficariam felizes da vida e as referências regressavam a um clube que sempre ganhou às custas do espírito de grupo que os jogadores mais velhos iam fomentando entre os mais novos.

Por isso, custa ver Ibson e Paulo Assunção com a braçadeira. Ambos são excepcionais jogadores, mas não sabem o que é o FC Porto.

Em resumo, esta é uma oportunidade histórica, única para Pinto da Costa. Basta decidir.
Bruno Pires in Sportugal

9/8/06 11:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

LOL

claro... e acabar o campeonato a meio da tabela tb nao seria bom?

lolada... n gosto dele, mas q vai fazer falta la isso vai!

9/8/06 11:54 da tarde  
Anonymous yagami said...

felizmente, agora a vontade da sad será feita !

que bom ... volta leo lima , volta leandro , volta pitbull , volta sandro

parabens.

realmente ... somos o novo "benfica" , jogadores medianos , para nao dizer rascos , só para alguns receberem o seu $$$$

adriense deve já ter percebido como as coisas são. cá para mim , ainda vamos ouvir mt dele na LC ou UEFA com outro equipa qualquer

10/8/06 12:28 da manhã  
Blogger bLuE bOy said...

Poix é... o pequeno general foi-se e verdade seja dita... a culpa de tudo isto teria de ser repartida por muitos lados e muitos apêndices... mas pronto... é o que é no momento.
Quanto a mim... este é um momento crucial para se perceber quem é e para que serve esta $AD... dúvidas já não as tenho muitas, mas pago agora para ver...
Espero bem que pensem desta vez no clube e no seu futuro... em vez dos seus bolsos... caso contrário, vêm ai tempos dificeis... esperemos para ver... aguardemos.
aKeLe aBrAÇo

10/8/06 12:36 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Um exemplo



Co Adriaanse demitiu-se do cargo de treinador do FC Porto. A notícia só é inesperada para quem não conheceu o carácter do holandês.

Quem assistiu ao último jogo entre o Sporting e o Porto, em Alvalade, não ficou com qualquer dúvida sobre a sua coragem e determinação em não pactuar com a guerra do vale tudo para ganhar. Depois de Quaresma ter mostrado o seu pior lado, o treinador holandês tirou-o do campo, sem hesitações, apesar do resultado não lhe ser favorável.

Co Adriaanse nunca se adaptou às práticas arruaceiras nem ao estilo primário que pontuam o futebol português. Confrontado com mais uma declaração de Pinto da Costa, que o desautorizou publicamente, a propósito da contratação de um avançado, só lhe restava bater com a porta. E com estrondo.

Ao ganhar o último campeonato de futebol, Co Adriaanse entrou para a galeria dos treinadores vencedores, mas não ficou refém das politiquices que transbordam na vida de alguns clubes de futebol.

A saída do treinador holandês é um golpe duro para o FC Porto. Mas é muito mais. É uma perda para o futebol português, que bem precisa de agentes desportivos que lutem por valores, transparência e fair play. E, já agora, um pouco de urbanidade que rompa com a lógica do quanto mais rasca melhor.

Rui Costa Pinto
Jornalista

In Sportugal

10/8/06 1:10 da manhã  
Blogger Michael Knight said...

Entre palhaços a escreverem que o Co tinha comissão no Hesselink e outros a sugerirem o paneleiro do Wanderlei Luxemburgo para treinador só tenho a dizer que a grande maioria dos adeptos do Porto (e de qualquer clube) é constituida por acefalos carneiros com tendencia para o Darwinismo.

10/8/06 9:34 da manhã  
Anonymous andre said...

... mas felizmente ainda há iluminados...

10/8/06 9:49 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

Acho que não vale a pena andarmos a insultar-nos uns aos outros porque provavelmente as responsabilidades deste episódio estão muito bem divididas entre o treinador e a SAD/PdC com algumas pinceladas dos jogadores.

Que ninguém se julgue dono da razão porque não é.

Neste blog discute-se com educação e quem não o quiser fazer que comente nos seus...

Saudações portistas

10/8/06 10:19 da manhã  
Anonymous yagami said...

bem , eu sinceramente , nao me preocupo.

eu tenho uma caracteristica , quando perco a fé , já não sofro !

aconteceu com a selecção nacional. cheguei a fazer sacrificios profissionais , para ver jogos da selecção. mas quando me apercebi que são só palhaços que lá andam , deixei de sofrer por ela e até ver jogos dela.

agora acontece ao fc porto. enfim , que o macaco compre outro carro de luxo, que a sad , se nao consegue guardar uma migalha de 110 M euros , que continue a enriquecer os seus administradores.

boa sorte , fc porto , mas eu nao vou apoiar corruptos , recuso-me ! posso os apoiar quando o desconheço , mas , ao saber das coisas , recuso-me , simplesmente recuso-me ! ( por isso é que um puto do centro de portugal , numa aldeia de benfiquistas , nasceu portista. simplesmente luto por quem merece )

venham leo limas , parabens aos adeptos , agora vão ter só leo limas !

10/8/06 10:38 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Está na altura de termos um treinador Argentino: Pekermen ou Bielsa!

10/8/06 10:52 da manhã  
Anonymous andre said...

Anibal,
se não há € para jogadores de nível, achas que podemos contratar um treinador de renome internacional?
Com toda a certeza que não...

Vamos apanhar com o Peseiro, e até pode ser que não seja mau.

O Sporting da sua 1ª época jogou muito bem e apenas falhou porque o treinador não tinha apoio da Administração da SAD (excepto o Dias da Cunha), por isso foi queimado pelos "velhos" Pedro Barbosa, Sá Pinto, Rui Jorge...

10/8/06 11:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

sugiro como treinador o João Pinto ou o Madjer e adjuntos o Rui Barros e o Jorge Costa

10/8/06 11:00 da manhã  
Blogger lucho said...

acho q o sucesso do fcp nesta época vai depender mt do senhor q se segue. O episódio do jantar em q os jogadores abandonaram a sala é grave e o CO n sai nada bem na fotografia.
enfim...espero é q n demorem na escolha e q ela seja acertada...

10/8/06 11:12 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

Se pudesse escolher entre as poucas opções actualmente disponíveis no mercado, provavelmente inclinava-me para o Camacho.

A favor:
Pulso firme com jogadores e com a direcção;
Conhecimento do campeonato português;

Contra:
Ter sido treinador recente do Benfica

A ver vamos...

10/8/06 11:14 da manhã  
Blogger Dragonis said...

A SAD desde a sua criação tem sido um desastre. Lembrem-se de como estavamos antes da chegada de Mourinho e do descalabro pós-Mourinho. É uma administração ruinosa e demasiado obscura. O PC está para o nosso clube como Fidel está para Cuba, o Comandante está a envelhecer e o regime começa a abanar...

10/8/06 1:09 da tarde  
Anonymous Macaco said...

Como é que um gajo que usa um nick de um dos personagens mais azeiteiros da história da televisão... se põe a mandar postas de pescada?
Ó motorista pega num paninho e vai dar um polimento no KIT...
Palhaços há em todos os clubes e azeieteiros também, o motorista é o nosso.

10/8/06 1:15 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Um macaco a criticar o meu nick.

O único macaco que eu conheço que sabe falar (força de expressão) é aquele rapaz dos S.D. que é um bastião do azeiteirismo.

eheheh

10/8/06 2:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

tem cuidado com as bocas que mandas ao Madureira...

Aviso

10/8/06 2:52 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Pessoal... vamos lá acabar com este tipo de ameaças e insultos velados! O importante aqui é discutir... mantendo um nível que permita argumentação! Quando existem insultos... isso fica muito complicado! Conto com a vossa cmopreensão!

10/8/06 3:58 da tarde  
Blogger Zirtaev said...

Aníbal Clap!Clap! EXCELENTE texto. Do melhor que li sobre este assunto. Nada mais a acrescentar.

Tudo isto dá mesmo que pensar.

Um abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/

11/8/06 3:38 da manhã  
Blogger Michael Knight said...

Um anónimo a fazer ameaças é das coisas mais hilariantes do planeta.

Toma lá umas joelheiras.

11/8/06 11:40 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Se é portista visite este forum :

http://www.setbb.com/fcp/

ajude esta comunidade crescer.... Participe....

FCP FOREVER

14/8/06 11:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home