quarta-feira, agosto 16, 2006

Pontapé de Saída


(Actualizado com o texto da Equipa Técnica)


Caminhamos a passos largos para o arranque oficial da época 2006/07. Depois de uma época em que localmente vencemos, diria “como habitualmente”, o Campeonato e a Taça e internacionalmente passámos (infelizmente) despercebidos, o principal facto desta pré-época foi o abandono do treinador Co Adriaanse (e restante equipa técnica), a escassos dias do início das hostilidades. Com que consequências só o tempo nos poderá responder e, se for caso disso, cá estaremos para reflectir sobre o tema.

Hoje queria fazer apenas um exercício de análise sintético, sobre as várias forças (espero eu) que compõem o clube.

A Direcção
Sofrível no aspecto da gestão do plantel, dado que nas vendas/empréstimos nada fez de especial (mantendo, como habitualmente, com contrato um comboio infindável de jogadores) e que as aquisições até à data são fracas e revelam pouco trabalho de casa.
No que respeita à gestão da equipa técnica, penso que lhe deu o suporte até onde era admissível (quiçá além) e que largou a corda quando tinha que o fazer, minimizando o custo financeiro da saída de Co Adriaanse e dos seus pares. A confirmar-se a contratação de Jesualdo Ferreira é uma solução que julgo equilibrada face a tudo o que está em jogo.

A Equipa Técnica
Uma incógnita!
Com a saída repentina (e inesperada) de Co Adriaanse e dos seus adjuntos a pouco tempo do início da competição, a Direcção teve necessidade de encontrar rapidamente uma solução que, sendo interessante a médio prazo, não comprometesse o imediato.
A manutenção/promoção de Rui Barros e a chamada de João Pinto, que para além de terem sido jogadores de referência, tinham já experiência como técnicos no FCP, foram um sinal que o peso do novo treinador seria necessariamente menor, ou dito de outro modo a direcção quis garantir a todo o momento o “peso do clube” na equipa técnica.
A opção por Jesualdo Ferreira é uma aposta num treinador com larga experiência no futebol português que faz da metodologia um must. Era claramente, das 3 ou 4 verdadeiras alternativas, a menos fracturante. Aceita-se portanto com naturalidade.
Com ele chega o também “estudioso” Carlos Azenha que partilha com o treinador principal a filosofia e que tem um interessante currículo (refiro-me às pessoas e locais por onde estagiou).Da “corrente holandesa” apenas se mantém o treinador de guarda-redes que alarga a sua influência a todos os escalões de formação. Nada a dizer uma vez que se conjugaram as vontades da direcção, do novo treinador e dele próprio.
Os Jogadores
Mantendo quase todos os jogadores que foram importantes nas vitórias do ano passado, mas não se reforçando com qualidade e para as posições que estavam efectivamente debilitadas, o upgrade face à época anterior não é, no mínimo, visível…
Os resultados e as exibições da pré-época também não trouxeram grandes novidades, nem melhorias face ao passado: o nível exibicional nunca ultrapassou a mediania e os resultados nos jogos mais interessantes foram fracos.

Os Novos
O regressado Vieirinha parece ser o único verdadeiro reforço (a não ser que Bruno Moraes vença a malapata das lesões), acreditando eu também que o João Paulo (e quem sabe o Diogo Valente para desmentir o meu mau feitio em relação a ele) possam desenvolver um trabalho interessante. De Ezequias e Tarik é que sou franco: só por milagre é que acredito que nos darão alegrias!

Os Velhos – Categoria Vinho do Porto
Nestes estão incluídos Helton, Baía, Pepe, Pedro Emanuel, Paulo Assunção, Ibson, Meireles, Lucho, Anderson, Quaresma, Lisandro e Adriano.

Os Velhos – Categoria Mofo
Nunca escondi que para mim Bruno Alves e Alan nunca deviam ter sido jogadores de futebol, muito menos do FCPorto…

Os Velhos – Categoria Omelete*
Será que algum dia vou conseguir ter uma opinião sólida sobre Bosingwa, Cech, Ricardo Costa e Jorginho?

Os Velhos – Categoria Redoma
Nunca vi o Paulo Ribeiro nem o Sokota fazerem um jogo a sério pelo FCP, mas pelo menos o 1º também não tem culpa.

Se me esqueci de algum jogador das duas uma: ou é ridiculamente tão mau que nem para "mofo" serve, ou como diz o meu tio “ando a beber sono”.

*Jogadores que não são carne nem peixe...

P.S.1: Evitei recorrer a cábulas para me lembrar dos jogadores.
P.S.2: Confesso que só na revisão ao texto, e após contagem, me lembrei do Pedro Emanuel, do Jorginho e do Sokota…

33 Comments:

Anonymous Anónimo said...

o sonkaya inda é jogador do porto?

16/8/06 6:49 da tarde  
Anonymous RPS said...

Centro de Estágio do FC Porto

Terreno para o hotel em Olival desbloqueado



A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia (CMG) conseguiu resolver o problema que opunha a autarquia a um dos donos do terreno onde irá ser erguida a unidade hoteleira do Centro de Estágio de Olival/Crestuma.

Conforme referiu ao Sportugal uma fonte ligada ao processo na edilidade gaiense, “o pelouro responsável conseguiu desbloquear a parcela de terreno que não permitia que a estrutura fosse construída”. Assim sendo, “agora já se vai poder finalizar tudo o que foi projectado para o local”.

Perante este cenário, os presidentes da CMG, Luís Filipe Menezes, e do FC Porto, Pinto da Costa, vão estar presentes, esta quinta-feira, pelas 18:00, numa conferência de imprensa para efectuar o ponto da situação e abordar o plano organizativo do complexo desportivo, anunciando a preceito a novidade avançada em primeira mão pelo Sportugal.

A confirmar-se esta notícia e colocado um ponto final na polémica que inviabilizava a edificação do hotel, fica assim concluído o desejo da CMG em ver finalizado todo este projecto para a zona oriental do concelho, bem como o anseio dos responsáveis azuis e brancos em terem um local de repouso dentro de portas.

Recorde-se que o FC Porto costuma estagiar e pernoitar em hotéis situados no Grande Porto nas vésperas dos jogos e durante o almoço nos dias em que estão agendados dois treinos.

In Sportugal

Sem duvida mais uma boa noticia.

17/8/06 12:46 da manhã  
Anonymous tripamoura said...

Acho que faltou o Postiga que já foi "vintage" e anda mais para os lados da omelete ultimamente, mas de qualquer forma os meus parabéns!
Assino por baixo facilmente. E parece-me que não é preciso muito para os omeletes subirem de escalão - ainda credito em todos eles.
Faltam uns defesas para o lugar dos lesionados e se viesse um avançado bom eu já não pedia mais nada o ano todo...

17/8/06 1:38 da manhã  
Anonymous Ricardo N said...

De facto acho que falta uma categoria de "Repescados" que incluísse Helder Postiga, Hugo Almeida (que, segundo noticias de hoje, o resgate terá fracassado) e muito provavelmente Cesar Peixoto. Com a incerteza quanto ao esquema defensivo do Jesualdo, a qualidade duvidosa de Ezequias e a lesão do Pedro Emanuel, não me espantaria o regresso do Peixoto (adpatando-o a lateral esquerdo, em alternativa ao Cech).

17/8/06 9:04 da manhã  
Anonymous andre said...

Concordo com o Ricardo N.
Num esquema previsivél de 4-3-3 penso que o Cech é uma boa opção para defesa esquerdo e o César Peixoto podia ser opção alternativa.
O Ezequias neste tipo de sistema, na minha opinião não tem utilidade,pois não é necessário que o lateral feche ao meio da mesma forma que o 3-4-3 exigia.

17/8/06 9:44 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

O Sonkaya foi emprestado (eu tinha-o dado) à Académica;

O Postiga não está na lista porque não fez a pré-época e por isso não sei como ele está actualmente. Provavelmente estaria nas omeletes, mas não escondo que torci um bocado o nariz ao seu regresso:

O Peixoto até à data pertence aos dispensados e não sei se fará sentido que regresse. Espero que seja o Jesualdo a ter a palavra em relação a este assunto e não a SAD.

17/8/06 10:11 da manhã  
Anonymous RPS said...

Carlos Azenha será o braço-direito do técnico


Carlos Azenha, 39 anos, será o número dois da nova equipa técnica do F. C. Porto, o braço- -direito de Jesualdo Ferreira no banco de suplentes, à semelhança do que acontecia no Boavista. Formado em educação física com especialização em futebol (média de 17 valores), tem o curso de treinador de IV nível; curiosamente teve sempre a melhor nota em todos os níveis. Este metodólogo será o apoio do técnico na concepção dos treinos e o responsável pela área física, sendo que a pré-época do Boavista não registou lesões musculares graves.

O percurso de Carlos Azenha começou há 16 anos, quando se sagrou campeão distrital no comando técnico dos juniores do Sacavenense. Nesse período, estagiou com Valeri Lobanovski, ex- -seleccionador da ex-União Soviética, uma das suas referências no futebol. No início da década de 90, integrou a equipa técnica de Abel Braga no Belenenses e aventurou-se como treinador principal do Camacha, conseguindo a subida à 2.ª Divisão. Depois, estagiou com Arrico Sacchi, o treinador que formou o Milão com Gullit, Rijkaard e Van Basten, e também acompanhou o trabalho de Vujadin Boskov na Sampdória e de Alberto Malezani no Parma.

Carlos Azenha foi, ainda, preparador físico no Farense, onde trabalhou com Paco Fortes e João Alves, e no Setúbal, onde esteve com Jorge Jesus e Luís Campos. Depois, aceitou o convite para ser adjunto de Toni, ex-treinador do Benfica, quando este se mudou para o futebol chinês. Foram considerados a melhor equipa técnica daquele país asiático no que diz respeito às metodologias de treino, à frente, por exemplo, de Giuseppe Materazzi. Depois, a dupla mudou-se para o Al-Ahly (Egipto). Seguiu-se um novo estágio, desta vez no AZ Alkmaar de Louis Van Gaal. No início desta época, mudou-se para o Boavista a convite de Jesualdo Ferreira.

O outro elemento recrutado pelo novo treinador do F. C. Porto é Rui Silva, que observava e fazia relatórios dos adversários do Boavista. Tem 29 anos e já integrou o gabinete de observação do Braga até se transferir para o Bessa. Será ele quem irá espiar os opositores do F. C. Porto, produzindo pormonorizados relatórios, que servirão de apoio a Jesualdo Ferreira para preparar os jogos.

Rui Silva também será o responsável por organizar a informação em vídeo, pois o treinador gosta de mostrar aos atletas determinadas situações de jogo.
in JN

17/8/06 12:45 da tarde  
Anonymous tripamoura said...

Ui... o Azenha tem como referência o Lobanovski? Não foi esse tipo que apanhou sete em Lisboa quando era treinador da Russia...? Felizmente estagiou depois com o Sacchi que já ganhou tudo o que há pra ganhar...

17/8/06 3:01 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Alan melhor extremo da pré época e o resto são tretas.

17/8/06 3:24 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Tripamoura, não tás bem a ver quem é o Lobanovsky.

http://en.wikipedia.org/wiki/Valeri_Lobanovsky

17/8/06 3:27 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Já agora, o técnico que levou 7-1 chamava-se Yartsev.

http://en.wikipedia.org/wiki/Georgi_Yartsev

17/8/06 3:31 da tarde  
Blogger Nuno Nasoni said...

Lembro-me do Lobanovsky, que construiu a terrível equipa do Dínamo de Kiev, que venceu a Taça das Taças em 1986 e perdeu connosco nas meias-finais da Taça dos Campeões em 1987. Para além da URSS que treinou (a diferença entre o Dínamo e a URSS era o Dasaev, que jogava em Moscovo). Foi um dos maiores treinadores da sua geração.

17/8/06 3:42 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Tripamoura,
Cuidado com as palavras! Lobanovski foi só um dos melhores treinadores do mundo (o dinamo de kiev do tempo dele era um sonho a jogar) e não só não levou 7 em lisboa (ja tinha morrido) como acho que foi ele que nos deu 5 em 1984 no apuramento para França. Depois lá arranjámos um penalty duvidoso para nos apurarmos e conseguimos um brilhante 3ºlugar...

Do CV do Azenha tenho é medo do que ele possa ter aprendido com o Luis Campos, com o Toni e com o Van Gaal (a escola do AZ deixa-me nervoso). lol

17/8/06 3:43 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Fazer umas fintas, correr que nem um tresloucado e depois não saber fazer um remate à baliza fazem do Alan o melhor extremo da pré-época?

Ok é a tua opinião...

Eu continuo sem a mínima dúvida: não tem categoria para jogar no FCP! Como o Bruno Alves...

17/8/06 3:50 da tarde  
Blogger Michael Knight said...

Não é uma opinião, são factos.

O Quaresma tem feito uma pré época vergonhoso, especialmente no que se refere a vontade de correr e no entanto tudo caladinho com o menino bonito.

Entre outros bonitos exemplos.
Mas pronto, o Alan é "peixe miudo" aheheheehehe.

O Alan da pré época jogou bem à bola. Furou, sofreu faltas e tentou. Fez ultimos passes e até cruzou melhor.

O Alan da época passada, foi 100 vezes melhor que o Ivanildo.

Mas isto, ninguem escreve. E não entendo porquê. Já em relação ao Bruno Alves não discuto. Porquê? Porque para alem de ser muito fraco (incomparavelmente mais fraco em termos de rendimento ao Alan) é também uma besta que nos pode deixar a jogar com 10 a qualquer minuto do jogo.

Eu não crucifico jogadores que se esforçam, como o Alan. Se um jogador se esforça e falha sempre, eu escolho os meus impropérios e adjectivos em relação a ele com cuidado, porque se uma pessoa se esforça e não funciona, o culpado é quem o comprou ou o põe a jogar.
Só por isso, não meto o Alan no mesmo barco que o Bruno Alves.

17/8/06 4:03 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Continuo a não perceber os argumentos: um jogador porque se esforça tem direito a envergar a camisola do FCP? Para mim não.

Tem que ter qualidade (e tanto o Bruno Alves como o Alan não têm) e claro que também tem que se esforçar.

Se a culpa não é dele mas de quem o comprou e o põe a jogar aí tens toda a razão, mas infelizmente isso não melhora a qualidade dele...

O Quaresma esteve apagado na pré-época, perfeitamente de acordo, mas ainda assim era uma pequena loucura equacioná-lo face ao Alan...

17/8/06 4:33 da tarde  
Anonymous RPS said...

F.C. Porto
Garcés apontado como «reforço»
José Luis Garcés, avançado do Nacional de Montevideu, poderá ser o jogador pretendido pelo FC Porto para reforçar o ataque, segundo aponta a imprensa uruguaia.

Garcés ainda no fim-de-semana passado deu nas vistas no categorizado troféu Teresa Herrera, disputado na Corunha, onde alegadamente terá sido observado por emissários do FC Porto.

Com 25 anos, José Luis Garcés, conhecido no seu país por «pistoleiro», é natural do Panamá, por onde actuou até Fevereiro passado, altura em que o Nacional Montevideu apostou na sua contratação.
in A Bola

17/8/06 4:45 da tarde  
Blogger Nuno Nasoni said...

Espero que a vinda de Garces seja brincadeira de mau gosto.

Reparem nesta notícia: "INDULTO PARA 'EL PISTOLERO' GARCES?
Autor: koky | Fecha: 2005-03-03 | Comentarios (133)
Cualquier persona que lea los crimenes violentos cometidos por el futbolista conocido como El Pistolero Garces catalogaria de locura el pensar en indultar un sujeto tan peligroso. Claro, las cosas son distintas cuando se trata de un futbolista de la seleccion.
Una de las victimas de Garces apenas tuvo suerte al quedar con vida. Sin embargo, esta persona quedo discapacitada por las constantes convulciones que le causaron las heridas de bala.
La seleccion de futbol de Panama necesita de los servicios de un delantero como El Pistolero, pero tambien es necesario que el gobierno de muestra de autoridad a los autores de crimenes violentos que cada dia son mas comunes."

Retirada de http://www.dealante.com/nodo.php?nodoid=10351

Aparentemente, a alcunha de "pistoleiro" não tem nada a ver com as aptidões futebolísticas!

17/8/06 5:42 da tarde  
Anonymous Ricardo N said...

Concordo: Alan é muito sofrível. Para exemplos de esforço íamos buscar o Beto ao Benfica, mas... pensando bem, deixa lá estar o gajo!

17/8/06 6:04 da tarde  
Anonymous Acosta said...

Acho que quem viu o Alan jogar no Dragão ao longo da época passada, por honestidade intlectual, tem que dizer que o homem corre muito mas não fez um centro de jeito (um pouco como o outro homem do seu corredor).
O único jogo em que fez a diferença foi contra o Rio Ave.
Não vi os jogos da pré época.
Ainda que possam ser boas indicações não deixa de ser o campeonato dos feijões!
Por essa ordem o Sporting era o vencedor do campeonato... da feijoada!
Esperemos pela pressão.
Por outro lado,acho que o Pedro Emanuel, que sempre foi duro de rins, começava a denotar precisar das pernas mais descansadas - não engana, mas não chega para o eixo da defesa.

18/8/06 1:00 da manhã  
Anonymous tripamoura said...

Ok, ok, uma vénia ao senhor lobanovski e outra a quem me chamou a atenção... Temos um adjunto de categoria então.
Sobre o Alan, também acho que se esforça mas não chega - se ficar no plantel é para jogar nas primeiras fases da taça. Concordo que o Ivanildo não fez gande coisa no ano passado, mas continuo a acreditar que pode vir a ser um belo jogador - o Alan já acredito pouco...
O Quaresma já se sabe que precisa de chicote e que não vale a pena gastar o chicote com jogos a feijões - ele já acorda.
Ó Acosta, o Pedro Emanuel é do melhor que há! Pode precisar de pressão para não julgar que o lugar é sempre dele, e pareceu-me fraquinho fisicamente na pré-época, um pouco mais de massa muscular e volta a ser o melhor central em Portugal. O único em que se pode confiar num carrinho na área sem dar penalti.

18/8/06 1:59 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

Quanto ao Pedro Emanuel uma pequena nota: para mim é imprescindível especialmente se se confirmar a alteração táctica para 4 defesas. Com o Pepe ao lado já existe rapidez para dar e vender no eixo e o PE é um jogador, que sem ser brilhante tecnicamente, é muito inteligente e a grande voz de comendo actual desta equipa. Muito à imagem do Jorge Costa e do Costinha dos tempos do Mourinho.
Este é um daqueles que eu me habituei a respeitar!

18/8/06 10:36 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

Não é voz de comendo, mas obviamente de comando!

Mas falando em comendo, ATÉ OS COMEMOS CARAGO!

P.S. Parece que hoje fica fechada a equipa técnica (com JF,Azenha,"The Real Nº2",Rui Barros e W.Coort) pelo que actualizarei o post de seguida.

18/8/06 10:38 da manhã  
Blogger nc said...

vejam aqui o video do garcês e digam qq coisa.
não gostei muito do que vi. parece um jogador trapalhão, mas até posso estar enganado.

http://www.possofutbol.com/images/btn/vervideo.jp

18/8/06 10:39 da manhã  
Blogger Pedro Reis said...

vi um bocado (são mais de 20 min) e achei um jogador mediano, assim tipo Mantorras.

Torço um bocado o nariz, mas pelo que percebi isto tb é mais especulação que outra coisa...

18/8/06 11:36 da manhã  
Blogger Zirtaev said...

Hoje n'O Jogo já vem um desmentido. Não devemos acreditar nessas noticias dos pasquins lisboetas.

Aqui vai:
«Circulou ontem a notícia de que o FC Porto estaria interessado em José Luís Garcés, avançado panamiano do Nacional de Montevideu, do Uruguai. O que começou por ser nota de jornal ganhou outra dimensão com as palavras do empresário Alfredo Reguera, que representa o jogador, e que, em declarações à Antena 1, corroborou o alegado interesse. "Falei com o jogador sobre isso, ele está tranquilo e à espera", disse, podendo O JOGO acrescentar que, ao contrário do sugerido, Garcés não faz parte dos planos de Jesualdo Ferreira. Um dia depois de ter sido conhecida a intenção portista de resgatar Hugo Almeida, hipótese negada pelo Werder Bremen, as especulações sobre a procura de um avançado intensificaram-se. Depois do colombiano Renteria, agora foi a vez de outro sul-americano, por sinal designado de "Pistoleiro". Não só pelos golos, mas também por, ao que se diz, manejar armas com grande facilidade.»

Um abraço .
http://portistasdebancada.blogspot.com/

18/8/06 12:06 da tarde  
Blogger Di_Portista4ever said...

Concordo perfeitamente!!!

Saudações Tripeiras

18/8/06 12:17 da tarde  
Anonymous ricardo n said...

Porque não ir buscar um jogador que já tenha experiência no campeonato português? O negócio do Adriano não me parece estar a ser mal sucedido! Não queria falar dos João Tomás e afins... mas falou-se no Saganowski do Guimarães por exemplo...
Na minha opinião até seria mais prioritário garantir um ou dois reforços para a defesa (laterais alternativos ao Bosingwa e ao Cech). Temos o Adriano, Lisandro e Postiga... sem contar com um eventual regresso dos lesionados. Alguem já vai ter de ficar de fora!

18/8/06 1:08 da tarde  
Anonymous Ninja said...

Vai ser certamente uma tarefa complicada aquela que espera Jesualdo Ferreira sobretudo na fase inicial da época porque vai mudar o sistema de jogo e impor novas rotinas aos jogadores.

E para isso vai precisar de algum tempo e poderá entretanto cometer um erro ou outro e um jogo correr menos bem pelo que o nosso apoio é muito importante para que a equipa conseguia obter bons resultados e Jesualdo Ferreira possa trabalhar com maior tranquilidade.

Força Porto!!!

18/8/06 7:14 da tarde  
Anonymous Ninja said...

Quanto á Supertaça vai ser em primeiro lugar uma excelente oportunidade para Rui Barros enquanto treinador conquistar merecidamente uma importante competição nacional e depois poderá ser a primeira vitória esta temporada de uma equipa que promete bastante.

Força F.C.Porto

18/8/06 7:26 da tarde  
Blogger your said...

phentermine nice :)

18/8/06 7:27 da tarde  
Blogger lucho said...

todos com o prof. jesualdo, ele agora é o nosso mister. Força porto rumo à 15ª super taça

18/8/06 10:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se é portista visite este forum :

http://www.setbb.com/fcp/

ajude esta comunidade crescer.... Participe....

FCP FOREVER

20/8/06 9:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home