quarta-feira, maio 16, 2007

20 de Abril de 1986

Última jornada do campeonato, Estádio das Antas a rebentar pelas costuras. O F.C.Porto enfrentava um Sporting da Covilhã já condenado à descida, a depender apenas de si para se tornar Campeão Nacional dessa época. À entrada para o último jogo o Porto tinha os mesmos pontos que os vermelhos que à mesma hora jogavam no Bessa. Na ronda anterior, o Sporting tinha ido ganhar à Luz, enquanto o FêCêPê ganhara em Setúbal por 1-0, com um lançamento fantástico de Mly com as mãos que praticamente isolou Futre.
A alegria no Estádio era enorme e ninguém punha a hipótese de não fazer a festa no fim.
O jogo começou a 100 à hora mas passados alguns minutos estávamos a perder 2-1 e a manter-se o resultado com o título perdido. O desespero e o nervosismo tomava conta de muitos adeptos… ao meu lado, um senhor de idade, branco como a cal, não conseguindo resistir à emoção, levantou-se e foi-se embora. Azar… muito azar. Bola pelo ar, Fernando Gomes mata no peito e com um pontapé fenomenal à meia-volta fez um dos mais bonitos golos que me lembro do Estádio das Antas. Que festa enorme!!! Quando me voltei a sentar, o senhor estava de regresso ao seu lugar e recuperara da cor pálida.
Ganhamos 4-2, os vermelhos não foram além de um nulo no Bessa… a festa no fim foi épica. Foi a primeira vez que calquei o relvado do Estádio das Antas. Inesquecível!

21 Comments:

Anonymous andre said...

Anibal,

Tinha 12 anos e lá me desloquei de Viana de Castelo para o Estádio das Antas.

Inesquecivel!!
Um dos jogos da minha vida!!!

Tenho fotos desse jogo. Aliás aparecí na Revista Dragões ):
lol

16/5/07 11:28 da manhã  
Anonymous Acosta said...

Fui um dos jogos em que a equipa precisa de liderança... e ela apareceu: F. Gomes, o capitão, marcou o jogo de forma inequívoca!
É um muito bom "case" para estes estudantes da equipa d'hoje.
Bem lembrado.

16/5/07 1:09 da tarde  
Blogger Luís said...

... e às custas desse campeonato ganhamos a Taça do João Pinto... perdão dos Campeões! hehehe

Espera-se que a históra se repita...

16/5/07 2:41 da tarde  
Blogger bLuE bOy said...

Lembro-me desse jogo como se fosse hoje... estava eu no antigo «peão» (penso que era assim que se chamava na altura a zona mais baixa do estádio, bem junto ao relvado).
Era ainda um puto regila, mas já vibrava como um adulto.
Foi inesquecivel... das primeiras grandes recordações que tenho das vitórias do meu mágico FC Porto.
Só uma dúvida... no bessa, foi um nulo ou uma vitória dos caceteiros da avenida? tinha ideia que tinham ganho.
aKeLe aBrAçO,
http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

16/5/07 2:44 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

Sinceramente acho que não vamos sofrer tanto: 2 golos nos primeiros 20 min e uma vitoria por 3/4 golos de diferença.

E não me admirava q o SCP empatasse e o SLB ainda os passasse...

16/5/07 3:51 da tarde  
Blogger AZULEBRANCODIXIT said...

Estava de serviço nesse fim de semana em Santa Margarida, cumprindo serviço militar obrigatório. Jogava a Sueca com benfiquistas e sportinguistas enquanto o(s)jogo(s) decorria(m). Em todo quartel era o único portista nesse dia de serviço. Foi cá um festa feita por mim para mim à parte das 'xitas'que também ia dando(e recebendo também, mas isso agora não interessa nada). Foi bem feito principalmente para os benfiquistas do norte que eram os mais arrogantes. Depois foi beber cerveja e gozar com eles todo o resto do dia.Que boa maneira de começar a peluda! (últimos meses de SMO, para informação dos que não sabem. POOOORTOOO !!!

16/5/07 7:32 da tarde  
Anonymous js said...

É um mero pormenor: o jogo foi a 20 de Abril (e não 21).

16/5/07 10:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já há algum tempo, que tenho vindo a visitar este sítio e, de vez em quando dá-me vontade de dizer alguma coisa...mas, a idade não perdoa e, o entusiasmo de há uns anos vai-se diluindo e, os comentários vou guardando-os para mim...desta feita e, porque ainda esta semana, falei precisamente desta passagem, (só não sabia o ano em que tinha acontecido), ainda bem que o senhor lembrou aqui essa data, porque assim vou poder com mais ênfase recordar aos amigos o que aconteceu há mais de vinte anos...e portanto é preciso ter fé, mesmo que as coisas não estejam a correr da melhor maneira...vamos ser campeões, mais uma vez.
Fiquem bem
Cumprimentos
Fernando Correia

16/5/07 10:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A coisa esteve bem feia,nesse jogo com o Covilhã ,já condenado à 2ªdivisão.Aquele GOLO do GOMES,foi decisivo eAcalmou a equipa e os adeptos.

Mas bastantes anos antes, perdemos o titulo,no ultimo jogo em casa defrontando,O Atletico,que até era fraquinho. JOgamos o melhor futebol do campeonato, de longe e no entanto... O treinador era brasileiro e conceituado, FLAVIO COSTA.

MAS DOMINGO,NÃO VAMOS DAR HIPOTESE,COM OS ADEPTOS,SEMPRE A APOIAR!!!

17/5/07 1:56 da manhã  
Blogger lucho said...

Fantástica recordação. De facto o jogo foi mesmo no dia 20 de abril e não 21. E na última ronda o baovista derrotou por 1-0 o benfica. Os 4 golos do porto foram de André, Gomes(2) e Elói.

17/5/07 9:22 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Têm toda a razão... foi a 20 de Abril de 1986.

O resultado dos vermelhos no Bessa, é que não consegui confirmar.

17/5/07 9:50 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Caro Fernando Correia:
Não guarde os seus comentários... este é um espaço plural e todas as opiniões são indispensáveis.

Abraço.

17/5/07 9:51 da manhã  
Anonymous js said...

No Bessa ficou 1-0

17/5/07 12:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eu estava lá nesse jogo e foi sem dúvida um dos jogos que mais me marcaram enquanto portista.
Não fazia idéia que na altura tinha 14 anos!!!
Obrigado pela boa lembrança!

Abraços e...FORÇA CAMPEÕES!!!

17/5/07 2:09 da tarde  
Blogger Pedro Reis said...

CUIDADO!!!
MUITO CUIDADO!!!
O Presidente que não se ponha com ideias...lol

Adriaanse abandona Metallurg

O técnico holandês Co Adriaanse, ex-FC Porto e actualmente no Metallurg Donestk, abandonou hoje o comando da equipa ucraniana.

ASF
Quando apenas faltavam quatro jogos para terminar o campeonato local o técnico holandês, em declarações à imprensa local, decidiu que chegou a hora de sair: «Sinto muita pena por terminar a nossa ligação.»

17-05-2007 15:14

17/5/07 4:46 da tarde  
Anonymous Reilagarto said...

Ainda vos sai um Manaca.
E os mais velhos sabem o que é que eu estou a dizer...

17/5/07 6:42 da tarde  
Anonymous ze rosario said...

Anibal
Recordo esse jogo e recordo o que sofreu um miudo de 11 anos que estava sentado ao meu lado.

17/5/07 7:14 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

ehehehehe
É verdade Zé Rosário!!!
eeheheheh

Espero desta vez não sofrer tanto...

17/5/07 10:20 da tarde  
Anonymous ricardo n said...

Confirma-se a venda de Hugo Almeida por 4 milhoes de euros (noa sei se ja inclui 1 milhao relativo ao emprestimo).
Mesmo assim nao acho mau negocio. E' bom jogador mas na minha opiniao nao vai evoluir muito mais do que aquilo que e' hoje.

18/5/07 8:48 da manhã  
Blogger lucho said...

FAço aqui um convite a todos para que comentem no meu blog um post sobre o dia 21 de maio de 2003 (ganhamos a uefa) e q faz na 2ª feira 4 anos sobre essa data. Este Domingo dia 20 espero sentir as mesmas emoções.

18/5/07 10:50 da manhã  
Blogger Lamas said...

Apenas para partilhar convosco...

Esse dia foi possivelmente a primeira vez que fui às Antas, pelo menos é a primeira vez que a minha memória se lembra... tentei confirmar com o meu, mas ele não se lembra... tinha 5... sim 5 anos...

Fomos muito cedo para lá... sei que tive horas antes do jogo começar apertadinho junto às redes na superior norte a jogar à moedinha com os meus primos... não cabia mais ninguém... as Antas estavam a abarrotar...

Quanto ao jogo, tenho memórias bem frescas, já que tenho o resumo do jogo numa velhinha cassete Beta que já vi e revi imensas vezes... o golo do Gomes (2-2) é marcado a meia hora do fim... foi algo simplesmente inesquecível... é por esta altura que o Boavista também marca no Bessa... o título já ninguém nos tirava...

O 3.º golo é uma jogada fantástica do André pela esquerda e o Gomes à boca da baliza de cabeça faz o golo ao seu estilo e começa a correr sem parar à volta do Estádio... mais do que um golo dele, era um golo do FCP que ele ama como nós... a emoção estava estampada na sua cara... arrepia só de pensar...

É a recordação mais antiga que tenho do FCP...

Amanhã é um dia muito idêntico ao que se passou há 21 anos... o nervosinho miudinho já está cá dentro...

Quero muito ser campeão, principalmente por tudo o que se passou nestas últimas semanas...

Amanhã precisamos de um Porto à Porto... com a atitude que nos tem faltado...

basculacao.blogspot.com

19/5/07 10:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home