terça-feira, junho 13, 2006

Angola 0-1 Portugal

Quem ouvisse Scolari e Figo falar após o jogo, poderia supor que Portugal acabava de ganhar a uma selecção complicada e traiçoeira. Comparar esta selecção de Angola ao Gana ou à Costa do Marfim é uma anedota. Do meio-campo para a frente os Palancas Negras são pouco menos que inconsequentes... do meio-campo para trás Angola tem uma equipa inocente e frágil... muito frágil. Barreirense, Varzim, Paços de Ferreira, Gil Vicente, alguns desempregados... são as equipas destes valentes jogadores Angolanos.
Sempre achei que Portugal ia ganhar a Angola com bastante dificuldade, mas não contava que jogássemos tão mal e que Angola fosse tão fraca como se revelou. A questão principal que fica deste jogo é: A equipa Nacional está pior do que se supunha... e eu já julgava que ela não estivesse grande coisa. O grupo é tão acessível que passar em primeiro é mais do que adquirido... mas a segunda fase promete ser curta se a prestação não melhorar.
Salvaram-se as exibições de Figo, Pauleta e Ricardo Carvalho... afundaram-se as lastimáveis prestações de Tiago, Petit, Nuno Valente, Cristiano Ronaldo e Meira.
Que venha o Irão... e seja o que Deus(ou Alá) quiser!

1 Comments:

Anonymous mega said...

'acho q toda a gente já percebeu q a seleção portuguesa é mesmo fraquinha.. ontem, em declarações à imprensa, quase todos os jogadores angolanos foram unanimes ao dizer q o méxico é mais forte q portugal... q tristeza...'

14/6/06 11:16 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home