sexta-feira, março 30, 2007

União... Mística... e Paixão! VENÇAM!

8 Comments:

Blogger lucho said...

FORÇA PORTO!!!
passem no blog do lucho e escolham a equipa para domingo

30/3/07 2:28 da tarde  
Anonymous jdm.dragão.lisboeta said...

Caros Amigos,

Como portista começo a estar farto de ver, ouvir e ler ataques diários ao nosso clube a serem respondidos com silêncios anestesiantes, que só favorecem os mesmos do costume.
Há que reagir à PORTO!!! NÓS É QUE SOMOS A MELHOR EQUIPA, COM O MAIOR/MELHOR PALMARÉS INTERNACIONACIOAL E (EM POUCOS ANOS) TAMBÉM COM O MAIOR NÚMERO DE TÍTULOS NACIONAIS.

As vigarices/corrupção sem APITOS, INVESTIGAÇÕES ou MANCHETES passam-se em Lisboa, Alentejo e Algarve e têm quase todas um DENOMINADOR COMUM: contrução civil, l.f.vieira, benfica, árbitros, ex-árbitros, dirigentes e ex-dirigentes, políticos, autarcas, pdm, etc.,...

A título de exemplo, cito esse o caso desse Vara colocado pelo PS na CGD, que mexe como nosso dinheiro e beneficia escandalosamente o seu benfica e os interesses afins. Para outros e outras cores também vão surgindo as compensações para manter os equilíbrios capitalistas (quero dizer, da Capital).

HÁ QUE REAGIR COM FORÇA E DETERMINAÇÃO, EXIGINDO O RESPEITO QUE NOS É DEVIDO. COM URBANIDADE, MAS COM FIRMEZA, COM ARMAS "PESADAS", CONTRA A FALTA DE JUSTIÇA E A INDIGNIDADE.

Por isso, penso que se o nosso Presidente não se acha com capacidade (por quanto tempo?!) para agir, deve zelar pelo bem do FCPORTO, como sempre fez, e permitir que sejam criadas as melhores condições para outro avançar.

Com paz e tranquilidade. Sem sangue. Isso queriam os nossos adversários. E eu não vou NUNCA esquecer o quanto JORGE NUNO PINTO DA COSTA fez engrandecer e respeitar o nosso FCPORTO, uma CIDADE, uma REGIÃO e PORTUGAL.

Mas há que assumir o Presente e lançar o Futuro. Com ou sem JNPC. Se ainda puder ser com ele por mais alguns anos, nada contra, mas SEM SILÊNCIOS QUE DOEM, que ainda mais custam para quem como eu trabalha e vive em LISBOA.
Se não, busque-se a melhor das alternativas. Para lá de outras que certamente haverá, por mim citaria o Dr. Pôncio Monteiro, mas a sua saúde talvez não lho permita. Mencionaria ainda outros nomes, como o diplomático e competente Dr. Rui Moreira ou o "agressivo", inteligente e culto Dr. Miguel Sousa Tavares, mas que não deve estar para estas coisas. Ou, sim ou então, o PODEROSO, COMBATENTE, ÚNICO e também GRANDE PORTISTA e criador de riqueza, BELMIRO DE AZEVEDO, que como sabem em breve vai ficar mais aliviado do seu "IMPÉRIO SONAE", que passará a ser "gerido" pelo filho Paulo.

Seria, talvez, a grande força para lançar um novo fôlego e fazer vingar a internacionalização da MARCA "F.C.PORTO", e para contrapor à insídia do sistema, a razão da nossa força e excelência.

Acredito, espero e desejo que o próximo 1º de Abril fique bem marcado na memória dos PORTISTAS e também, por razões desportivas desfavoráveis, nas dos nossos adversários.

Finalmente, transcrevo, com a devida vénia, um texto que acabei de ler, assinado por Nuno Antas Campos de "O Portal dos Dragões" para reflexão:


«Belmiro a Presidente

Belmiro de Azevedo, com quem nunca na vida troquei uma palavra, já serviu, com dedicação e brilhantismo, o nosso querido FC Porto. Fez parte das gerências de Afonso Pinto de Magalhães com a responsabilidade da Secção de Natação, criada por ele do zero. É da sua iniciativa a construção das primeiras piscinas e o lançamento das escolas de natação - com o que de melhor havia no Mundo em matéria de treinadores - que levaram o Clube ao domínio absoluto da modadidade. Tudo isto, ao arrepio do rotineiro nas amadoras, com pingues lucros monetários! E num tempo em que a honra de servir o FC Porto era retribuição tida como mais do que suficiente.

Por outro lado, a secção de natação, substituindo-se ao Estado ronceiro e relapso, proporcionou, ao longo dos anos, actividade desportiva às crianças das escolas do Grande Porto, cumprindo a sua função social e honrando, assim também, o estatuto de Utilidade Pública que o Clube ostenta.

A sua obra de portista será menos conhecida - especialmente pelos mais novos que, se calhar, nem sabem porquê, nos seus primeiros anos de escolaridade, aprenderam a nadar nas piscinas das Antas. Pelo contrário, o seu trajecto como cidadão e empresário não necessitam de panegiros.

Todos sabem da ascenção da nortenha SONAE que, de uma pequena empresa de aglomerados de madeira - na altura, já na ponta das tecnologias do sector - se tornou no maior grupo económico português, este último ano nas bocas do mundo por mor da OPA que lançou sobre a PT. OPA essa no fim torpedeada pela piolheira político-empresarial da capital.

Se, nos anos do PREC abrilino, Belmiro e os trabalhadores da SONAE se têm rendido às vontades da piolheira lisboeta da época, muito teria o país perdido. Na sequência do 11 de Março e da nacionalização da banca, todas as empresas do Grupo Pinto de Magalhães teriam levado, por arrastamento, o mesmo destino estatizante. Pois, se até nacionalizaram barbearias...

Simplesmente, Belmiro e os trabalhadores da SONAE disseram não à nacionalização. E afirmaram-no em inúmeros plenários de trabalhadores apesar das pressões de toda a ordem e das visitas de "esclarecimento e dinamização cultural" da tropa e partidos de esquerda, a quem custava entender as razões que levavam um punhado de valentes de uma empresa do Grande Porto a serem diferentes, e não quererem render-se às delícias da moda social do dia ditada por Lisboa.

Muitos ainda se devem lembrar de uma tarja a toda a largura da antiga estrada para o Aeroporto de Pedras Rubras - no início da recta que conduz ao cruzamento de Moreira da Maia - em que os trabalhadores da Sonae anunciavam ao Mundo e ao poder lisboeta do dia que não queriam ser nacionalizados. Ganharam a luta e ganhou o país. A SONAE é hoje o que todos sabem e Belmiro de Azevedo, de humildes origens durienses, é um dos homens mais ricos do Mundo.

Na recente OPA da SONAE sobre a PT, o poder de Lisboa - pelo menos nesta fase - levou a dele avante. À semelhança do que parece estar a suceder no domínio do futebol. A corte política empresarial e jornalística acocorada perante os clubes da segunda cirular é uma realidade por demais evidente. Basta abrir as revistas ditas "sociais" do Doutor Balsemão que hoje não consegue, tal como o Benfica, sobreviver sem a CGD.

E os efeitos desportivos da campanha mediática em torno do Apito Dourado - cujos principais "spin doctors" vêm da empresa de comunicação que, calculem lá, trabalha para o Benfica - estão aí, à vista de todos.

A Belmiro de Azevedo não lhe escapam seguramente algumas destas evidências: o conglomerado empresarial, bancário e de comunicação social que se opôs à sua OPA tem , no seu conjunto, interesses na indústria do futebol. E convém-lhe que os louros das vitórias ornem a fronte dos que - falácia antiga e não comprovada cientificamente - sentenciam originar maior retorno do investimento por berrarem como vitelos terem mais adeptos do que a concorrência.

Ou seja : a luta de Belmiro contra os poderes fácticos da capital é, na sua essência e embora num outro plano, a mesma que o Futebol Clube do Porto vem travando nas últimas três décadas.

A Caixa Geral de Depósitos do recém-licenciado Armando Vara , financiadora do centro de estágios do Benfica é a mesma que se opôs à desblindagem dos estatutos da PT, liquidando a OPA.

E a convergência de interesses do BES com o Sporting e os seus corpos gerentes, alguns antigos administradores de empresas do grupo, é facto do domínio público. Hoje a guerra já não está SÓ na Liga e nos árbitros : está - sobretudo - nos avultadíssimos interesses comerciais e financeiros que gravitam em torno da indústria do futebol.

Um clube como o nosso, que ao longo dos últimos trinta anos azedou a vida ao provincianismo futebolístico da capital, para poder resistir e continuar a ganhar, tem de ser MUITO MELHOR do que a concorrência e não abrir fendas na muralha...

Tem que saber gerir o capital de maneira moderna e profissional. Tem que ser servido por cidadãos de vida pessoal, familiar e social exemplares. Cidadãos esses que, quando abandonarem as suas funções, mostrem não ter engordado como sapos nem dever nada a casinos.

É neste contexto que, do meu ponto de vista, o apelo surdo do FC Porto esta aí, ululante, pronto a ser escutado por Belmiro. Estão os dois, cercados pelas mesmas forças, portanto propensos a unir esforços. Estou certo de que ele já o sentiu. A luta é a mesma!

O debate no Fórum do Portal dos Dragões quanto ao sucessor de Pinto da Costa tem-se circunscrito a nomes celebrizados pela televisão e a antigos jogadores que tudo deram pela camisola. No meu modesto entender precisamos de mais.

- Precisamos de um gestor de gabarito mundial;

- Precisamos de disciplina e moralidade na relação com empresários e outros agentes;

- Precisamos de quem saiba o que vale um Euro e quanto ele custa a ganhar;

- Precisamos de quem saiba gerir capital e criar riqueza.

O FC Porto - já foi dito noutro contexto e noutra época - não sabe a força que tem. E Belmiro de Azevedo, agora liberto de funções executivas na SONAE, caso queira, tem um desafio fascinante e estratégico ao alcance da mão : a presidência do nosso querido FC Porto. Criou a SONAE, criou o PÚBLICO, o melhor jornal português, que, sem medos, acaba de relatar a duvidosa história académica do Sócrates.

Os grandes homens distinguem-se dos vulgares pelo talento na ecolha dos seus colaboradores. Alguém tem dúvidas quanto à qualidade da equipa escolhida por Belmiro?

Com Belmiro, não teríamos de reciclar o lixo tóxico originado pela indústria da vida privada do actual Presidente. Com Belmiro, as dívidas a casinos nao condicionariam a política desportiva do clube. Com Belmiro um administrador não teria um irmão empresário a fornecer jogadores ao clube. "Não basta sê-lo, é preciso parecê-lo".

As eleições estão à porta e ele, caso queira avançar com a candidatura, terá o meu voto.

Oxalá ele queira.

Como diria Pessoa : "É a hora!»


DÁ QUE PENSAR, NÃO DÁ??!!?? VIVA O F.C.PORTO!!! HÁ QUE AGIR! AS NOSSAS TROPAS NO TERRENO, JÁ E SEMPRE!!! CONTRA A POUCA VERGONHA DOMINANTE!!!

30/3/07 4:14 da tarde  
Anonymous Daniel Pinto said...

FORÇA PORTO! FORÇA RAPAZIADA!

31/3/07 12:57 da tarde  
Blogger JRP said...

Força no jogo e juízo no regresso, qualquer que seja o resultado... tanto para adeptos como para dirigentes.

31/3/07 2:20 da tarde  
Anonymous kostadinov said...

Alguem me poderá um site onde possa ver o jogo via internet ?

1/4/07 6:53 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Grande Canguru!!!

Vai a http://www.tvtuga.com/

Procura por Benfica-Porto e tens uma lista de canais que irão transmitir o jogo pela Net.
Já sabes que tens que ter uma ligação razoavelmente rápida e provavelemente um Software especial... SopCast ou outro... mas nas instruções eles dizem-te como instalares.

Abraço e Biba o Puerto!!!

1/4/07 11:15 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Segundo o que li em alguns foruns o melhor será o Bwin.com.... mas terás que te registares com nacionalidade não portuguesa.

1/4/07 11:17 da manhã  
Anonymous jm said...

kostadinov se n conseguires pela tvtuga ve por este site

www.rojadirecta.com

precisas do sopcast na mesma mas dá menos erro q o tvtuga..

VAMOS A ELES!!!

1/4/07 12:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home