segunda-feira, junho 04, 2007

Jesualdo Ferreira esclarece...

O treinador do F.C.Porto deu uma entrevista ao jornal Ojogo muito interessante e que permite depreender algumas das causas para os problemas vividos esta época e espreitar as estratégias para o futuro, nomeadamente em termos de equipa de futebol.

Ideias fortes: Aposta numa equipa com mais intensidade competitiva e mais forte fisicamente; Evidência para uma maior pressão e responsabilidade em jogar no F.C.Porto do que nos noutros clubes grandes, que tem os seus aspectos positivos e negativos; Razões do pouco espaço dado a jovens promessas vindas dos escalões de formação; Aposta no mercado nacional e europeu para futuras contratações; Responsabilização pela aposta, até agora, falhada em Lucas e Renteria;

Faltou explicar: Razões para os focos de instabilidade do treinador com alguns jogadores que aconteceram durante a época e que se mantêm; O que fazer com os descontentes e os que se escondem debaixo das saias dos "papás"; Anderson... mas porquê? ; Porque faltou atitude em alguns jogos;

Partes que penso serem as mais interessantes da entrevista:

1. Teve conhecimento prévio e assume a responsabilidade pelas contratações de Mareque e Renteria?
"Assumo-as em absoluto"

2. "Se uma equipa estiver em reconstrução, como era o caso deste FC Porto, torna-se ainda mais difícil, porque a sustentabilidade de um jogador novo exige que a equipa tenha respostas para permitir uma evolução tranquila. Basta ver na história do FC Porto em que moldes se processaram as entradas de um Jaime Magalhães, João Pinto, Ricardo Carvalho, Jorge Costa, Sérgio Conceição."

3. "Todos percebemos onde se joga mais forte e onde se ganha mais vezes. O FC Porto é o que ganha mais vezes, os outros passam um pouco ao lado desta linha. O Sporting perdeu o campeonato e, apesar disso, toda a gente saiu extremamente valorizada desta temporada. O FC Porto ganhou o campeonato, a Supertaça, chegou aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e, curiosamente, sai desvalorizado."

4. "O FC Porto vai ter que acrescentar à sua estrutura jogadores mais robustos do ponto de vista físico e mental para ter uma equipa mais competitiva. E isso sem abandonar aquilo que é fundamental, que são jogadores evoluídos táctica e tecnicamente. O futebol de hoje tem um tempo de decisão cada vez mais curto, tem cada vez mais intensidade táctica e precisa de jogadores capazes de decidir rápido. Quando acontece esse equilíbrio entre capacidade física e capacidade de decisão, as equipas são mais competitivas. Aliás, tradicionalmente, este clube sempre se habituou a ter equipas muito agressivas e competitivas. E isso faz parte do que é a história do FC Porto. É preciso chegar a esses patamares com os jogadores que temos e com alguns que possam entrar."

5. O FC Porto não tem conseguido fazer essa transição [Escola formação para o plantel sénior] de uma forma regular. Porquê?
"Porque a responsabilização no FC Porto é maior. Quando a responsabilização é menor, é mais fácil os miúdos com mais jeito aparecerem a jogar, porque se as coisas correrem mal, a cobrança é menor."

6. "Estou no FC Porto, sou do FC Porto e defendo a minha equipa até aos limites. Aí não dou hipóteses."

7. "Os mercados português e o dos jogadores que já estão na Europa são os que mais nos interessam, porque não há adaptação, nem um processo de aprendizagem tão longo. Há rotinas e métodos assimilados, o que é diferente quando se recorre ao mercado africano ou ao sul-americano. Mas, o FC Porto nunca recusa um bom negócio, venha ele de onde vier. (...) O processo tem de ser equilibrado: a linha de pensamento tem de ser contínua e conjunta para evitar o erro."


Adenda - Resposta de Baía aos jogadores descontentes e que vêm mandar "bocas" para a praça pública:

"No FC Porto ninguém é tratado de forma diferente. Num plantel de 25 jogadores, é natural que nem todos possam jogar. Um dos segredos do nosso balneário é que não existem brasileiros nem portugueses. Toda a gente é amiga... Os jogadores têm noção do que é representar uma grande instituição que dá pelo nome de FC Porto."

25 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://www.voteyourteam.com/Europe/Portugal/FC-Porto.aspx

já estamos a ficar para trás outra vez.

Não pode ser, nem a brincar.

4/6/07 11:47 da manhã  
Blogger Aníbal Letra said...

Queria acrescentar que na minha opinião a entrevista está muito boa... e Jesualdo parece que recebeu um lufada de ar fresco com o título conquistado. Ele diz que é uma pessoa igual à que era antes de ser campeão, mas isso não parece assim visto de fora. Está mais descontraído, determinado e pujante.

Em relação aos descontentes que não têm sido primeira opção... na minha opinião o que se deveria fazer é: pela calada, sondar interessados e despachá-los!
Mas o papel da imprensa neste barulho todo em relação ao descontentamente dos jogadores em relação a Jesualdo tb é muito grande. Vejam que Postiga diz, que não pode marcar golos no banco, e os jornais já escrevem que Postiga é mais uma voz contra Jesualdo. Enfim!

4/6/07 3:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mas o Postiga tem é que tar caladinho.

Foi o Jesualdo que o meteu a jogar quando ninguém queria e ele não merecia!

Esse gajo deve tudo o que é e o que tem o FC Porto e vai fazer choradinhos para lampiões ouvirem?


Um ingrato e um menino mimado.
Deus queira que apareça alguém e que o leve,por mim ficava já no koweit

4/6/07 3:58 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Caro anónimo:

tenho a certeza que você é um daqueles que apoia a entrada na equipa principal de jovens vindos das escolas de formação do Porto. Certo?

4/6/07 4:02 da tarde  
Anonymous kostadinov said...

Em relação às declarações dos jogadores, já contei 4 : Paulo Ribeiro,Ibson, Moraes e Postiga, onde é que está a direcção ? Que pensa PdC ? Que atitude deverá a SAD mostrar a estes jogadores ? Ninguem diz nada, parece que não se passa nada,,,, qualquer dia estão nos telejornais a discutir quem deve ser o capitão... Jesualdo, como sempre, está sozinho, nao recebe o apoio de ninguem da SAD. O unico dragão com verginha na cara, Baia, teve uma vez mais que falar e fazer o papel de presidente, relaçoes opublicas, jogador, capitão.....Como as coisas estão diferentes....

4/6/07 4:25 da tarde  
Anonymous Acosta said...

Por acaso, nos casos do Renteria e do Mareque, foi-me afiançado por fonte ligada a ambos processos que ele não foi tido nem achado - como sucede a qualquer "manager" a actuar nas SADs portuguesas da 1ª Liga.
Ainda que ache que não seria possível outra postura oficial...
Mesmo assim, esta de dar o peito às balas não lhe fica nada mal.

4/6/07 4:30 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Kosta:
Moraes tem um processo disciplinar em cima. Ibson... foi o pai que falou. Não há nada a fazer a não ser, lamentar bastante. Assunção, parece que o problema foi sanado. Postiga... não me parece que as declarações dele sejam graves. Constatou um facto... "no banco não pode marcar golos!"

Concordo que a direcção anda calada... mas isso já acontece há algum tempo. Não quer dizer que esteja bem... mas já começo a acostumar-me.

4/6/07 4:32 da tarde  
Anonymous miguel87 said...

Bela ideia sim Sr.: despachar os descontentes! assim o porto atingia o objectivo que apontei num comentario a um post anterior: plantel de 12/13 jogadores que de certeza não iriam trazer chatices nem problemas ao jesualdo! Ah, e sobre os comentarios desses mesmos descontentes, eu lembro-me é que quando falava, PdC dizia algo como: "mal do Porto se tivesse jogadores contentes por estarem no banco!"
Por favor!! é dificil ver que o Jesualdo não tem mão no balneario!? tá á vista de toda a gente que ele fez uma gestão péssima do plantel e não se trata só de um Zahovic ou um McCarthy com vontade de sairem...são vários jogadores que apontaram o mesmo defeito ao Jesualdo, apesar de se afirmarem satisfeitos de estar no clube!! Mas tá visto o rumo a tomar, vamos despachar alguns excelentes jogadores e contratar uns veteranos (Alguem ainda se lembra de Maric, Pavlin, Esnaider, Pizzi, Pedro Espinha, etc...era só experiência) que de nada vão servir quando acabar o prazo deste treinador...dou-lhe até dezembro, se tanto.

4/6/07 4:40 da tarde  
Anonymous Acosta said...

"O status de poderes está bem enraizado em todos os quadrantes e os clubes vivem reféns dele. Voluntariamente. Por incompetência ou estratégia. Até pode parecer, mas, na verdade, não são eles que determinam quando e como vendem, mas sim os poderes (empresários e grupos financeiros) que os rodeiam. São estes quem controlam os timings dos negócios das grandes transferências. É a insustentável leveza do futebol português."

In http://www.planetadofutebol.com/index2.php

Vale a pena ler tudo.

4/6/07 4:47 da tarde  
Blogger Aníbal Letra said...

Já tinha lido... e concordo plenamente.

4/6/07 4:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

é estranho a indefinição quanto ao futuro de Baía...
será que não lhe querem dar protagonismo a mais?encostá-lo?
Se Jesualdo não soube lidar com o balneário mesmo com a preciosa ajuda de Baía,teme-se o pior sem Baía.
Parece haver muitos revoltados e muitos grupinhos..

4/6/07 5:05 da tarde  
Anonymous kostadinov said...

Se na primeira vez o ibson fez queixinhas ao papa, a SAD tivesse tomado uma posição à dragão, mostrando firmemente as regras pelas quais nos regimos, não se seguia nenhum comboio de lamechas. O processo disciplinar é o minimo e é um procedimento quase automatico. A posição da SAD foi transmitida por um nutricionista...nao sabia se havia de desligar o radio ou esconder-me com vergonha. Falta força, carisma, voz de comando....falta-nos aquilo que já nos deu muitas alegrias....

4/6/07 5:36 da tarde  
Anonymous nick cave said...

quanto ao postiga, claro que foi uma crítica. ele disse que a confiança ganha-se quando o colocam a jogar e que no banco não pode marcar golos. isto para mim é uma crítica explícita.

de resto, acho que é sintomático o comentário do baía ao dizer que neste campeonato foi tão importante como nos anos m que jogava.

de resto o próprio quaresma numa entervista disse que era normal os ânimos ficarem um pouco exaltados e e somente com o baía não podia haver discussão.

aquilo está bravo

4/6/07 6:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eu acho que a SAD não tem nada que falar sobre o descontentamento dos jogadores que não jogam. Era o que faltava sempre que um jogador se lamentava, lá ter que vir um director da SAD dizer, vamos puxar as orelhas ao chiquinho, colocar um pensinho no simãozinho, e dar dois litros de vitaminha reforçada ao nuninho. Oh pá, não queiram a benfiquização do Porto. A nossa voz são as vitórias e deixá-los a falar sózinhos.

4/6/07 7:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Espero bem que a SAD nunca se disponha a justificar as entrevistas dos jogadores.
Já chega o caso Diego, onde se perdeu um jogador e imensas mais valias, pelo arrufo dum treinador sem estaleca.

4/6/07 7:30 da tarde  
Anonymous ricardo n said...

Estou fora do pais e estive sem acesso 'a net durante o fim de semana. Chego hoje ao trabalho e a primeira noticia que leio 'e a saida do Anderson. Apetece-me dizer aqui um rol de asneiras... nao vale a pena dizer muito depois de ver os mais de 100 comentarios que se seguiram a essa noticia aqui no bloig. Em vez disso vou tentar transmitir uma outra visao do negocio. Estou em Italia e a maior parte deste pessoal nao ouviu falar no Anderson (jogador novo, sem experiencia internacional, lesionado quase toda a 'epoca passada...) A verdade 'e que se a venda de Anderson foi noticia aqui nao passou de uma nota de rodape' nos jornais... O que leva a pensar se os 30 milhoes pagos foram assim tao poucos como todos nos pensamos. Mas aqui 'e que esta a questao. Como adeptos de futebol e do FCP, temos o direito de nao nos reger pelo dinheiro e sim pelas alegrias que esse prodigio de futebol nos poderia ter dado com a nossa camisola. Hoje 'e um dia triste!!

5/6/07 9:55 da manhã  
Anonymous Portista said...

Eu concordo com alguem que despachava o Postiga do plantel. Se ele é tão especial que continue na selecção do Scolari. Como jogador, avançado, é muito razoável para uma Académica, um Marítimo ou uma equipa de meio da tabela. De resto, para o FCP não vale. É a minha opinião.
Em relação ao Ibson, se ele não fosse um jogador que facilmente se lesiona, talvez tivesse mais oportunidades de jogar. O Bruno Moraes é igual: Veja-se, vai estar mais meio ano parado, a perder ritmo de jogo. Se calhar ainda merece uma oportunidade...
Paulo Assunção é fundamental.
Renteria, temos de esperar pela pré-época e veremos... Mareque é talvez a maior dúvida. Ah, e também o novo Fernando: para agressor de árbitros, pode não ser nada de especial para o nosso Clube...
No mercado deveria-se contratar mais um ou dois bons médios, e na frente, se o tal Rossi vier talvez a época interna não corra perigos. Agora, a nível internacional, vamos passar muitos anos sem ir a uma final, penso eu...

5/6/07 2:04 da tarde  
Blogger lucho said...

VEJAM NO BLOG DO LUCHO...SÓ DÁ PARA RIR... É oficial. O S.L.Benfica anunciou que não vai participar no próximo Campeonato Profissional de Basquetebol (LCB). Vai apresentar candidatura ao campeonato da Proliga da FPB. Como sabem o campeonato da proliga é o que chamam de II divisão nacional...
Motivos:

O SLBenfica tenta desta forma ter hipóteses de vir a ganhar algum campeonato de basquetebol, mesmo que seja da II divisão, uma vez que o último ano em que conseguiu o título principal no basket foi em 1995.
O SLBenfica tenta desta forma não ser derrotado pelo FCPORTO em pelo menos uma das 4 modalidades principais. Esta época foram derrotados pelo FCP nas 4 (em futebol, andebol, basquetebol e hóquei).
Já se sabe que no futebol também não vai participar na nova taça da Liga. Poderia aumentar ainda mais o nº de derrotas com o FCPorto...

5/6/07 2:21 da tarde  
Anonymous amorim said...

Temos de acreditar que o Jesualdo tem feito por merecer ser novamente treinador do Porto, ele não precisava de vir a publico defender da forma como tem vindo a defender o FCP.
Gostei muito de o ouvir dizer q sabe agora o q custa ser Portista

5/6/07 4:13 da tarde  
Blogger dragaonortenho said...

Acho que na próxima época Jesualdo tem tudo ao seu dispor para fazer mais uma boa época e conseguir mais títulos.O plantel está a ser formado por ele, a direcção aparentemente está com ele, e eu dou-lhe o beneficio da dúvida e espero para ver.
Estou confiante em que vamos brilhar novamente na Europa.


Saudações Dragonianas

5/6/07 9:23 da tarde  
Anonymous ricardo n said...

Ja se falou muito da (nao) aposta em jogadores da casa... A noticia mais recente 'e que surgiu o valencia e o sevilha como potenciais interessados numa mao cheia de jovens jogadores do porto. Espero que nao se faca mais nenhuma asneira.

6/6/07 8:44 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

sinto-me envergonhado com as pessoas que lideram o meu clube!

6/6/07 9:51 da manhã  
Anonymous Acosta said...

A Blogosfera é, sem sombra de dúvidas, um painel de opiniões que começa a ter peso em muitas organizações e centros de poder.

Os esclarecimentos que a SAD se sentiu obrigada a fazer sobre as dúvidas levantadas nos processos de venda de Anderson e contratação de Jesualdo Ferreira são a prova de que persistir, com determinação e bom senso, por vezes dá resultado.

Até o contarditório acaba por funcionar.

Para além dos paineis/colunas de VIPs Draconianos, a dissecação feita nos blogs, ao que tudo parece indicar, começa a ter feed-back junto da SAD.

Como adepto só tenho que agradecer aos donos/autores dos blogs portistas esta oportunidade para (como todos os demais adeptos anónimos) poder destilar o que vai na alma (de Dragão).

Keep up the good work!

6/6/07 12:26 da tarde  
Anonymous amorim said...

já a mim, não me envergonha nem choca e a razão é muito simples se existem cá em Portugal jogadores a ganhar 30 ou 40 mil contos por mês, eu só pergunto no mundo do futebol quanto vale um JORGE NUNO PINTO DA COSTA ?, parece um pouco básico mas eu vejo a coisa por aí...

6/6/07 12:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É O ESTREBUXAR DO MORTO...

25/6/07 5:04 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home